- Publicidade -

O jogador Alanderson “4LaN” Meireles anunciou nesta segunda-feira (19) em seu perfil no Twitter que não é mais jungler da Remo Brave. 4LaN que foi um dos destaques da equipe na campanha perfeita do Circuito Desafiante revelou que a escolha de sair do time partiu dele e que ainda não sabe qual será o seu futuro.

A Remo Brave em comunicado divulgado para a imprensa confirmou que a opção de sair do time realmente partiu do jogador. Porém, também revelou que a organização passa por dificuldades financeiras por conta do investimento feito para a disputa do Circuito Desafiante e também pelo fato de dois patrocinadores terem deixado de honrar os compromisso financeiros firmados com o time paraense.

Além disso, a organização também revelou que 4LaN recebeu várias abordagens do times que estão dentro e fora do cenário competitivo de League of Legends. Inclusive, o gestor competitivo da Remo Brave, Erick Cardoso, revelou que o time tem provas de aliciamento por parte de duas equipes que disputam o CBLOL, que tentaram se aproveitar da situação fragilizada das finanças da equipe do Pará.

Questionado se a organização iria acionar a Riot Games por conta da tentativa de aliciamento, o gestor da Remo Brave revelou que o time irá primeiro entrar em contato com a recém-criada ABCDE (Associação Brasileira de Clubes de eSports), para aí então falar com a desenvolvedora do jogo.

“Nós devemos acionar a ABCDE em relação à tentativa de aliciamento, antes de falar com a Riot. O que posso revelar é que as equipes que tentaram aliciar o jogador também fazem parte da Associação”, revela Erick.

O Mais e-Sports tentou entrar em contato com o jogador Alanderson “4LaN” Meireles, mas o mesmo optou por não conversar com a reportagem no momento.