As mudanças na LCS EU – Parte 2

De:Beavis-
May 27, 2015

SK GAMING – Velhos nomes, novos desafios

SK Gaming

A SK Gaming tem uma longínqua história no competitivo de LoL, colecionando bons resultados dentro da temporada regular e se mantendo por meses como o melhor time de LOL da Europa, mas foi ineficiente           dentro dos playoffs.

De forma semelhante a sua maior rival no eSports (A FNC, juntos elas formam o “el clássico” do LoL, extremamente popularizado quando os mid laners das equipes eram xPeke e Ocelote) a SK buscou em seu passado a solução para seus problemas, retornando com Candypanda para substituir a estrela do time, que acabou sendo retirada por dificuldades com o resto dos jogadores, Forg1ven. Candypanda foi a segunda opção da equipe, que buscou também contratar Freeze, mas o carry da Copenhagen Wolves recusou o convite pois a SK não aceitou que ele fizesse o teste para a mesma vaga no split passado. Outra mudança considerável dentro da Equipe é a saída do Coach, InnerFlame, que foi substituído por Lukas Shenkke.

A qualidade de Freddy,Fox e Svenskeren é inquestionável, e o último já provou que consegue carregar mesmo com campeões fora do meta, como é o caso do lee sin. Resta saber se a SK vai saber se adaptar a um estilo mais focado no seu mid e top laner, uma vez que por mais que possuam experiência, senso tático e  sinergia  sensacionais, Nrated e Candypanda não tem a mesma habilidade pura de tantas outras bot lanes europeias.


ID
NickNomeRole
fredy122Simon PayneTop
SvenskerenDennis JohnsenJungle
FoxHampus MyhreMid
CandyPandaAdrian WübbelmannAD
nRatedChristoph SeitzSupport
 Lukas ShenkkeCoach

 

GAMBIT GAMING – A glória ou a ruína?300px-Gambit_Gaming_Logo

Os russos chegaram decepcionando no início da última temporada, mas depois de uma sequência absurda de vitórias conseguiram se recuperar e lentamente retomam seu lugar de destaque dentro do velho continente, liderados pelo retorno do brilhantismo de Diamondprox e pela sólida participação de Cabochard e Betsy.

A Gambit traz um reforço de peso para o segundo Split, ao se desfazer do ultra agressivo e inconsistente P1noy e trazer um dos destaques do último Split, Forg1ven. A equipe perdeu também uma peça importante com a saída do Coach Leviathan da organização, que foi substituído por Dan.

Conhecidos por seus tempos gloriosos de “pesadelo dos coreanos” a Gambit Gaming chega para tentar uma vaga para o mundial, mas a equipe continua com uma grande interrogação referente a sua nova bot lane:Alguns apostam que pelo talento e experiência GosuPepper(EdWard) e Forg1ven farão uma bot lane formidável, enquanto outros lembram dos diversos problemas de relacionamento de Forg1ven e da inconsistência emocional de Edward, e por isso acreditam nas palavras de Leviathan que a Gambit esse Split irá “Cair e Queimar”.

NickNomeRole
CabochardLucas Simon-MesletTop
DiamondproxDanil ReshetnikovJungle
BetsyFelix EdlingMid
FORG1VENKonstantinos TzortziouAD
EdwardEdward AbgaryanSupport
DanDaniel LuensiCoach

 

ORIGEN – O retorno dos antigos reis

Origen

A organização é extremamente nova, os nomes não. Com uma participação destruidora dentro da challenger series, perdendo apenas um jogo na temporada regular e um nos playoffs, a equipe de xPeke chega para provar que tem futuro dentro da LCS, e que a massiva história individual de cada um dos atletas é motivo o suficiente para respeitar a nova equipe.

Soaz e xPeke carregam toda a experiência possível e representam a mais velha guarda dentro do competitivo de League of Legends, sendo finalistas do primeiro campeonato mundial. Mithy e Amazing tem participação de destaque dentro da Lemondogs e da TSM, tendo participado também do mundial com essas equipes. A única cara nova do competitivo apresentada pela equipe é Niels, conhecido também como Zvanillan, uma promessa que dizimou os outros ADCs da challenger series e que chega forte para disputar seu lugar junto aos melhores da Europa.

O discurso da equipe no momento é de se manter na LCS e ver como ela se sai dentro da competição, mas com a ambição de xPeke e o talento de todos os jogadores é fácil imaginar que a equipe deve sonhar com uma vaga no mundial e outro anel no dedo de xPeke.

NickNomeRole
sOAZPaul BoyerTop
AmazingMaurice StückenschneiderJungle
xPekeEnrique Cedeño MartínezMid
NielsJesper SvenningsenAD
MithyAlfonso Aguirre RodriguezSupport
DuckyTitus HafnerCoach

 

ROCCAT – Novos ventos, velhos problemas?ROCCAT

Hypada como uma das favoritas ao Split anterior, a Roccat é considerada uma união de diversos jogadores talentosos e que por algum motivo não deu certo. De uma das favoritas a participante do torneio de Promoção, a equipe decidiu fazer algumas mudanças e espera finalmente corresponder a todos que acreditam no potencial de seus jogadores.

Realizando duas alterações importantes para essa temporada, a primeira com a contratação do francês Steve para substituir Overpow e a segunda com a contratação do coach YammatoCannon, a equipe busca se reinventar e atingir o sucesso. Essas mudanças podem criar um efeito interessante, mas não se sabe se serão o suficiente para a equipe consertar seus diversos problemas ingame e principalmente seu nervosismo.

A era em que a elise de Jankos assustava e o Thresh de Vander forçava bans pode ter acabado, e a inconsistência de uma equipe que, considerada uma das melhores devido a seu impressionante trabalho dentro das scrims, pode mais uma vez se mostrar apenas na luta por manter sua vaga caso siga com a grande dificuldade dos jogadores com apresentações ao vivo.

 

NickNomeRole
SteveEtienne MichelsTop
JankosMarcin JankowskiJungle
NukeduckErlend Våtevik HolmMid
WoolitePaweł PruskiAD
VandeROskar BogdanSupport
YammatoCannonJakob MebdiCoach

 

GIANTS Gaming – O último fôlego do gigante?giants

Com um início de temporada que parecia promissor, a Giants Gaming logo demonstrou que o Xerath e a Le Blanc de Pepiinero não eram o suficiente para cobrir os furos deixados por um time que não tinha uma estrutura adequada e possuía uma dificuldade brutal em se adaptar as mudanças no meta.

A grande alteração que a equipe sofreu foi anunciada recentemente, com a entrada de GodFRED no lugar do inconsistente Rydle. A equipe ainda não anunciou um coach nem um analista, o que deve indicar que o problema com a estrutura apresentada pela organização ainda não foi solucionado

Outra grande dúvida paira sobre a comunicação do time, uma vez que a equipe se comunicar em espanhol e não se sabe se o Sueco godFRED é fluente no idioma. O que não aparece como dúvida é o fato de que mais uma vez a Giants chega para disputar pelas últimas posições, sendo forte candidata ao último lugar e o rebaixamento automático.

NickNomeRole
WerlybJorge CasanovasTop
Fr3dericFederico LizondoàJungle
PePiiNeRoIsaac FloresMid
AdryhAdrián PérezAD
GoDFREDOskar LundstörmSupport

Compartilhe!