CBLOL 2021: Jogadores comentam mudanças no meta e novos campeões

League of Legends
De:Vitor Ventura-
June 16, 2021

Após o final do MSI 2021, o patch 11.10 do League of Legends trouxe importantes mudanças para o meta do jogo, tanto no jogo casual, quanto no competitivo. Falando neste último, não só pelas atualizações, mas as chegadas de Gwen e Viego também impactaram na forma como as equipes montam seus drafts e priorizam campeões.

Na última semana, o Mais Esports perguntou aos jogadores e treinadores que disputam o 2º split do CBLOL 2021 o que eles têm achado das mudanças na selva, com o dano do Golpear e o tempo de renascimento dos campos alterados, além dos novos campeões estarem finalmente habilitados.

Continue após a publicidade

LoL mais dinâmico e imprevisível

Dynquedo, meio da LOUD, conta que está gostando muito mais do novo meta, por se tratar de um jogo mais imprevisível. “Antes os junglers estavam sempre com campeões que faziam o full clear e se encontravam no Aronguejo, o jogo era chato, mas agora está mais dinâmico. Você pode fazer full clear, mas também pode gankar, invadir, fazer algo no mapa.”

Topo da INTZ, Hauz é um dos que olha para a própria equipe e afirma que os intrépidos ainda estão buscando pela melhor forma de jogar. “Este novo meta está voltado para novos picks no top, como o Lee Sin e a Gwen… na Selva também tem o Viego, então é mais uma questão de adaptação para vermos o que funciona para nós e moldarmos o meta ao nosso favor.

Disave, da KaBuM!, prefere ver o que as regiões Majors vão fazer primeiro antes de ter uma opinião mais concreta. “Sinto que, desde o MSI, estão todos meio perdidos com as mudanças. O meta do bot, no NA por exemplo, apareceram diversos Ezreal blind, tema  Senna e o Varus… As regiões ainda estão cada uma com sua concepção e estão todos esperando o que as Majors vão fazer. O meta está confuso, ainda estamos descobrindo.”

O jogo muda conceitualmente, diz Kalec

Um dos treinadores a responder ao Mais Esports, Kalec afirma que as mudanças mudam os fundamentos do LoL. Ele falou também dos novos campeões e como sua equipe, a Vorax, pode se dar bem com eles.

Senti que, fundamentalmente, o jogo muda um pouco por conta das mudanças da jungle, o que é interessante. Na última pre season, apesar da mudança dos itens, na parte conceitual o jogo não mudou muito, as coisas do mapa continuaram com o mesmo valor, as movimentações eram iguais, então é interessante. Os campeões que entraram, eles são explosivos, com muito dano e que fazem jogadas visuais, então é interessante pro espectador e que dá um dinamismo no jogo. Nós temos jogadores muito bons individualmente, que podem fazer de bom proveito com campeões desse tipo.

O 2º split do CBLOL 2021 volta neste sábado (19) a partir das 13h, com a Semana 3 da Fase Regular. Atualmente, o Flamengo é o líder da tabela e de forma invicta, com quatro vitórias nos quatro jogos.

Você confere a cobertura completa do CBLOL aqui no Mais Esports.

Veja também: Lillia terá seu early game enfraquecido, mas escalará melhor no decorrer do jogo