CBLOL 2021: “Não vejo muitos problemas pros playoffs”, crava brTT

League of Legends
De:Maximilian Rox-
July 4, 2021

A paiN não fechou o domingo (4) com uma vitória sobre o Flamengo na quinta semana do segundo split do CBLOL 2021. Mesmo trazendo uma composição diferente com Caitlyn em suas mãos, o atirador brTT citou que estava ciente que a formação tinha um número limitado de erros que poderiam executar — e que, no fim, isso não atrapalha os planos para os playoffs.

“Não vejo muitos problemas para os playoffs”, explicou o jogador durante a coletiva de imprensa logo após o jogo. “A gente tava executando uma comp muito mais difícil de executar, de finalizar um jogo, do que o do Flamengo. O Flamengo tinha uma comp 5v5 muito forte na teamfight, que estoura a luta e é isso aí, lutou, ganhou”, continua.

“E a gente deu alguns moles. Tinha uma comp que era pra comer o mapa, early e mid game, não cometer muitos erros, no máximo um ou dois erros, e se cometesse isso a gente provavelmente perderia a partida. A gente cometeu e saiu com a derrota. Mas não é uma coisa que me preocupa muito, essa derrota contra eles. Eu sei que a gente tem time pra ganhar contra eles. Mostramos que batemos de frente jogando muito melhor o mapa”, completa.

Continue após a publicidade
CBLOL 2021 brTT
brTT com o troféu do primeiro split do CBLOL 2021. Foto: Reprodução

Em outro momento, brTT também citou sobre o foco atual e como ele quer que a equipe termine a fase de grupos do segundo split do CBLOL 2021. “Com certeza o foco é ficar entre o primeiro e segundo colocado. Porque é uma vantagem muito grande, você consegue assistir o adversário que vai jogar antes e tem muito mais informações, e isso é uma vantagem absurda, na minha opinião”, continua.

“Mas o nosso foco é basicamente nas coisas que a gente tem que melhorar. A gente tem focado bastante nas coisas que a gente viu no MSI, tanto dentro quanto fora do jogo, pra evoluir durante o campeonato. Pra chegar nos playoffs como um time mais forte. Então independente do primeiro, segundo, terceiro ou quarto lugar, a gente só pensa em chegar lá o time mais forte possível pra sair com o título no final”, fecha.

Outro ponto discutido foi a execução dos treinos da paiN. “É um problema que sempre aconteceu. A gente não consegue jogar do mesmo jeito que nos treinos. Eu acho que é uma coisa que requer muito esforço, muito esforço mental e jogar do jeito que a gente joga no CBLOL nos treinos é praticamente impossível, então nós costumamos perder bastante treino”, explica brTT.

brTT paiN - MSI 2021
Foto: Riot Games

A cobertura completa do CBLOL 2021 você confere aqui mesmo no Mais Esports.