×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

CBLOL 2024: Como avaliar uma staff? – Turtle fala sobre o projeto Liberty 2024

League of Legends

O CBLOL 2024 começa em breve e o Mais Esports vai trazer uma série de entrevistas com jogadores de cada um dos times. Hoje temos a conversa com o Turtle – o Head-Coach da Liberty 2024.

Fique Mais próximo

Para aproximar ainda mais a comunidade, gostaria de te contar um pouco mais do tom da entrevista. Turtle é um cara professoral, daqueles professores que explicam com calma, jovial – como a Liberty 2024. A cada resposta se tem uma explicação e um toque de resenha.

Acho que vocês podem ver desta forma a entrevista, é a maneira mais próxima de captar a nossa conversa.

Na foto Turtle, o head-coach da Liberty 2024
Na foto, Turtle gargalhando porque curiosamente estávamos vendo o mesmo jogo de LCK/Foto: Mais Esports

 

Mudança de ares: por que a Liberty?

Não é como se o Turtle não estivesse trabalhando com jovens no Fluxo, e com alguns até com mais “caminhada” no CBLOL. Por que ser o head-coach de um projeto como o da Liberty 2024?

O ponto principal que me levou pra Liberty foi a estrutura e a organização, eu senti que o que a Liberty oferece nas instalações, tanto para jogadores, quanto para staff, é muito parecido com o que eu vi na EG (Evil Geniuses), que é uma organização a qual eu tenho muito respeito por oferecerem tanto apoio para ambos setores. E eu gosto muito de trabalhar com jogadores mais novos, desenvolver talentos. Combinando as duas coisas, senti que era aqui onde eu queria trabalhar.

Para quem não lembra, foi na EG que o Turtle se tornou o primeiro técnico campeão de uma liga major (LCS). Naquela equipe tinham jovens promissores, como Jojopyun (C9) e Danny (aposentado).

Na Liberty 2024, o elenco contará com 2 jovens talentos debutando no CBLOL – Makes e Drakehero (chegou a jogar poucas rodadas, mas não era o titular do plantel), 2 jovens talentos com uma rodagem um pouco maior – Piloto e Cavalo, e o veterano Micão.

No entanto, o que protagoniza o projeto Liberty 2024 é a staff.

Imagem do Turtle com a taça da LCS 2022
Turtle com o troféu da LCS pela Evil Geniuses (Foto: Reprodução/Turtle)

Liberty 2024: Coachs no centro da operação

Ainda voltando no passado, em 2019, Turtle e BeellzY trabalharam na Keyd que terminou em primeiro lugar da fase regular do CBLOL e em terceiro lugar nos play-offs. Na Liberty 2024 a dupla retorna após 3 anos e muitos títulos do assistant-coach, que participou do tricampeonato consecutivo da LOUD.

Já era um desejo voltar a trabalhar com o BeellzY? 

Desde que voltei dos Estados Unidos, BeellzY e eu estávamos sempre conversando pra ver quando trabalharíamos juntos de novo, acabou não rolando pra 2023, mas em 2024 a gente conseguiu. Então era um desejo desde que cheguei no Brasil. Só queríamos a janela, oportunidade e organização certa pra juntarmos forças outra vez e principalmente desenvolvendo talentos que é um gosto que a gente tem em comum.

Turtle e Bellzy na CNB
Foto: Riot Games

E acha que existe uma mudança do BeellzY pré-LOUD e pós LOUD?

Olha, ele (BeellzY) com certeza teve um step-up depois de toda essa experiência com a LOUD, e principalmente na experiência de Head-Coach, acho que ele vai poder transformar esse conhecimento pra parte que ele mais gosta: Positional Coach. Agregou muito pra ele, assim como a minha experiência na EG, e a gente se adiciona muito mais do que antes.

Mantendo o assunto em staff, perguntei ao técnico sobre a quantidade de coachs: Quanto mais, melhor?

Você ter uma Coaching Staff maior com certeza é algo que pode ajudar muito o seu time, só que existe um ponto importante nisso. Você tem que saber organizar todo mundo, né? Porque não é um trabalho fácil, então tem que por todo mundo na mesma página, não só valorizando o profissional, mas também permitindo que ele veja a efetividade do seu trabalho e um acrescente ao outro. Acho que não é só uma questão de número, mas como você organiza, acho que é a parte onde mais pecam no geral e nas experiências anteriores que tive, sem ser aqui e na EG.

Coachs e o meta

Muita coisa vai mudar no jogo, e é claro que a turma do backstage também tem visões sobre, então perguntei o que podemos esperar, visto que dos mix’s até o início das ligas muita coisa mudou em questão de meta e prioridade.

Eu acho que rolou sim essa mudança, e até entre as próprias ligas majors tá se diferenciado muito. Início de patch sempre é uma descoberta porque você quer encaixar o que acha forte com o que já estava tendo prioridade, sem ter muito respaldo do que está rolando lá fora, e agora que a gente já tá vendo um pouco (do que acontece lá fora), é tarde para os times de CBLOL se adaptarem 100%. É difícil saber o que esperar, mas parece que vão ter metas bem diferentes em cada time no CBLOL.

E o Turtle me afirmou que este é um momento em que a staff da Liberty 2024 brilhou:

Com certeza essa staff mais numerosa tá ajudando muito, principalmente no começo da Temporada 2024, por que, por exemplo: quando a gente começou a jogar no patch novo de torneio, que os pro players tiveram acesso antecipado, a gente já estava trabalhando muito em cima de como seriam os novos itens, principalmente o Alocs, ele que ficou encarregado em como descobrir as funções dos novos itens. E fez um trabalho sensacional em conseguir identificar as mudanças e trazer pra gente e para os jogadores também o que tá mais forte e o que não tá.

Turtle afirma que ele, BeellzY e Alocs cuidam do CBLOL, mas não deixam de trocar ideia com Sephis e Koga (Academy). Fora a equipe de analistas (Mytka, Carlins e Eryon), que acumulam dados para a equipe.

Inclusive a gente até conseguiu treinar entre os coachs pra testar coisas no patch! Porque temos uma staff tão grande que a gente conseguiu fechar um 5v5 com todo mundo da staff, aí chamamos mais duas pessoas pra conseguir testar mais coisas enquanto os jogadores treinavam, pra gente ter o maior número possível de coisas novas acontecendo, então eu sinto que o nosso preparo está um pouquinho a frente dos outros times em relação às novas mudanças.

Liberty 2024 – de staff para jogadores

Busquei entender com o Turtle como foi feita a captação dos jogadores novos, e ele respondeu que foram atrás de jogadores- segundo o coach – agressivos.

Jogadores que buscam jogar o melhor possível da match-up, não é agressivo por apenas ser agressivo. Eles tentam explorar o máximo da match pra conseguir a vantagem individual e distribuir a lead com o time.

E o veterano Micão? Por que justamente ele? 

O Micão foi escolhido pelo fato de ter tido muita experiência em muitos times diferentes. Identificamos que dentro de jogo ele ainda consegue ter uma evolução muito grande, essa combinação chamou atenção. Não foi nada tão específico da role de ADC, mas foi a pessoa que encaixou junto do time. Ele foi uma peça muito importante pra montagem deste elenco.

Como avaliar um trabalho a longo prazo?

Algo muito questionado na comunidade é o discurso do trabalho a longo prazo, que pra alguns parece algo dito da boca pra fora, e noutras situações parece ser efetivo. Vendo que este projeto é assim, perguntei ao Turtle o que ele considera um objetivo satisfatório para este primeiro momento para a Liberty 2024.

Eu não gosto de trabalhar em questão do resultado. Eu gosto de trabalhar em cima do processo, então a princípio o nosso objetivo é que nossos jogadores cheguem lá no stage, mostrem as coisas que eles estão aprendendo e a evolução deles: não só para o público, mas pra eles também. Essa é nossa expectativa e nada além disso. Óbvio, que ao decorrer da temporada, a gente sempre vai estar querendo um playoff, ser campeão, e ir lá pra fora – principalmente – pra ter uma experiência melhor ainda. Só que a gente tá focando bem mais nesse processo, principalmente nesse primeiro ano, ver o que deu certo e o que deu errado e o que melhorar pro ano seguinte.

Na foto, Turtle, Head coach da Libert 2024
Foto: Reprodução/CBLOL

E já que o que mais chama atenção e foco no projeto são os coachs, perguntei o que sempre gera debate: como a comunidade pode definir que o trabalho da staff está sendo bom?

Essa é uma boa pergunta!

A coaching staff é uma coisa difícil de ser vista, é algo muito interno, pra ser sincero eu também não sei uma maneira que o público pode entender mais. Mas uma coisa tem que ficar em mente: o draft não é só responsabilidade nem de coaching staff e nem só de player, depende muito de time pra time, eu já estive em time que era 80% de jogador e 20% coaching staff e em time que era o contrário. Não é só o draft que é o resultado do coach.

O técnico da Liberty 2024 finaliza:

O que o público pode reparar é que, por exemplo: a evolução do time ao decorrer da temporada ou até o ajuste pro meta, acho que são dois comparativos que dá pra você ver como está sendo o trabalho de uma staff tanto acompanhamento do meta, um time counterando outro time, e counterar certos picks de jogadores e a evolução do time. Mesmo assim ainda é difícil você ver, tem que ter um olhar muito analítico, mas são duas coisas que você consegue identificar se a staff faz efeito ou não.

Turtle, o head-coach da Liberty 2024
Foto: Reprodução/CBLOL

Expectativas para a Liberty 2024

Para encerrar a entrevista, pedi ao Turtle nos contar, o que podemos esperar da Liberty 2024 e um recado para os torcedores. Confira:

Acho que vocês podem esperar da Liberty um jogo muito ativo e rápido, e também uma partida divertida, com personalidade. E eu fiquei bem feliz com os torcedores da Liberty gostando do nosso projeto e continuem acompanhando a gente e obrigado por tudo!

Estreia da Liberty no CBLOL 2024

A Liberty estreia no torneio contra a INTZ no quarto jogo do dia. Acompanhe a cobertura completa do CBLOL 2024 1° split com calendário de jogos, resultados, tabela e outras informações aqui no Mais Esports.

Turtle CBLOL 2023
Reprodução/Riot Games
Sérgio Fiorini

por Sérgio Fiorini

Publicado em 17 de janeiro de 2024 • Editado há 6 meses

Matérias Relacionadas
League of Legends
Modo Enxame PVE no LoL: Não pegue os Cartões de Acesso de uma vez
League of Legends

Modo Enxame PVE no LoL: Não pegue os Cartões de Acesso de uma vez

Quer uma dica para os modos mais difíceis do Modo Enxame, o novo PVE do LoL: Não pegue os Cartões de Acesso! Acessa!

Há 6 horas
League of Legends
Quantos campeões tem no LoL (League of Legends)?
League of Legends

Quantos campeões tem no LoL (League of Legends)?

Veja a contagem atualizada de quantos campeões tem no LoL. Atualizaremos o texto sempre que um novo personagem for lançado no League of Legends.

Há 7 horas
League of Legends
LoL: “É decepcionante”, diz comunidade sobre as missões do novo Modo Enxame PVE
League of Legends

LoL: “É decepcionante”, diz comunidade sobre as missões do novo Modo Enxame PVE

A comunidade criticou algumas interações das novas missões do Passe de Batalha com o novo PVE do LoL: o Modo Enxame. Acessa!

Há 7 horas
League of Legends
Modo Enxame PVE do LoL: Todas as missões e como completá-las
League of Legends

Modo Enxame PVE do LoL: Todas as missões e como completá-las

Veja a lista completa de todas as missões do novo Modo Enxame PVE do LoL. Confira também como as completar e suas recompensas.

Há 9 horas
League of Legends
LCK 2024: A Gen.G alcança mais um recorde na história da competição
League of Legends

LCK 2024: A Gen.G alcança mais um recorde na história da competição

A Gen.G alcançou mais um recorde na LCK 2024. A equipe está destruindo diversas marcas e a próxima série contra a T1 é o próximo marco.

Há 9 horas
League of Legends
Modo Enxame PVE do LoL: É possível dar FF (rendição)?
League of Legends

Modo Enxame PVE do LoL: É possível dar FF (rendição)?

Há 12 horas

















































Campeonatos Atuais