CS:GO: Ligação entre MIBR e Yeah terão que ser desfeitas até o Major

CS:GO
De:Bruno Martins-
June 8, 2020

A Valve exigiu que sete equipes resolva seus conflitos de interesse em até cinco meses. Entre as equipes, a MIBR e a Yeah são as brasileiras que estão envolvidas no imbróglio.

O site HLTV obteve acesso a um email no qual a Valve revisou as declarações de interesse das equipes enviadas para a disputa do Road to Rio, primeiro evento RMR. Segunda o email, o conflito de interesses é “uma ameaça à integridade do Major”.

taco encontro das lendas
TACO, da MIBR, participa de showmatch durante o Encontro das Lendas (Foto: Felipe Guerra/MIBR)

A MIBR e a Yeah estão envolvidas pelo motivo de que TACO e dead, jogador e manager da MIBR, possuem participação na Yeah. Além deles, coldzera, atualmente na FaZe, e zews, agora treinador da Evil Geniuses, também possuem uma porcentagem da organização. Os envolvidos, teoricamente, não tomam nenhuma decisão em nome da Yeah e estão estariam somente como investidores.

A Yeah, no entanto, possui um acordo contratual com a Immortals Gaming Club, proprietária da MIBR: por um pagamento anual, a empresa tem o direito de comprar dois jogadores da Yeah por ano em troca de um valor definido pelas partes.

GeT_RiGhT
GeT_RiGhT, atual jogador da Dignitas (Foto: NiP)

Outras equipes e peronalidades estão na mira da Valve. A desenvolvedora identificou conflito de interesses entre GeT_RiGhT e Ninjas in Pyjamas: o jogador da Dignitas possui participação na organização sueca. Outro que tem que resolver os problemas é Tomi Kovanen, executivo da Immortals Gaming Club também possui participação na organização finlandesa ENCE.