×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

“Estamos colhendo os frutos do nosso trabalho”, comenta ryotzz sobre evolução da TBK

Valorant

A TBK está a um passo de cumprir seu objetivo no Last Chance Qualifier sul-americano. Após vencer uma série extremamente disputada contra a Vivo Keyd no último sábado (13), a equipe de Leon “ryotzz” avançou pela chave inferior da seletiva e agora precisa de apenas mais um triunfo para garantir sua vaga no VALORANT Champions, mundial do FPS da Riot Games.

Além de ficar marcada por dar uma vaga para a final da chave inferior do LCQ, a série da TBK contra a Vivo Keyd também se tornou a primeira da história do VALORANT brasileiro a contar com a presença do público. Acostumado a jogar em frente à torcida quando competia no Counter-Strike, ryotzz revelou estar muito feliz por poder voltar a jogar em frente a uma plateia após tanto tempo

“É histórico. Depois de uma pandemia, anos difíceis e longe de eventos poder voltar a jogar com público é uma sensação incrível. Todo jogador quer poder viver isso em algum momento e essa partida foi insana”, disse o jogador em entrevista ao Mais Esports.

TBK
(Foto: Riot Games)

A SÉRIE CONTRA A VIVO KEYD

O confronto entre TBK e Vivo Keyd teve início na Breeze, mapa de escolha da VK. Apesar de ter saído atrás no placar e chegar a estar perdendo por 8-4, a equipe de ryotzz conseguiu se recuperar, virou a partida para 13-11 e venceu o cenário onde os adversários eram considerados os favoritos.

“Eu acho que não conseguimos encaixar muito bem em algumas rodadas defensivas na Breeze e um problema técnico também acabou atrapalhando nosso desempenho no início do jogo. Mas quando viramos para o lado de ataque nós conversamos bem, mantivemos a calma e seguimos o nosso plano. Quando eles tentaram se adaptar conseguimos ter a leitura e mudamos novamente. Mas no fim o principal é que a gente manteve a calma para buscar o resultado”, afirmou.

Em seguida, as equipes seguiram para a Bind, onde novamente o confronto foi muito acirrado. Apesar de lutar bastante, a TBK acabou sendo derrotada por 13-10, o que ryotzz acredita ter acontecido por méritos da Vivo Keyd.

“A Bind teve muito estudo por parte deles. Eles fizeram vários anti-táticos contra a gente e não conseguimos nos adaptar tão bem. Eles também fizeram alguns rounds rápidos e foi muito mérito deles. Com certeza erramos muito mas vamos rever e corrigir”.

Com a série empatada em 1 a 1, TBK e Vivo Keyd decidiram quem avançaria na competição em um duelo na Fracture. Apesar da tensão e dos nervos a flor da pele, ryotzz e seus companheiros conseguiram manter a calma para fechar o mapa em 13-8 e garantir sua vaga na final da chave inferior do LCQ sul-americano.

“Esse terceiro mapa foi emoção a flor da pele mas a gente tentou se manter o mais calmo possível. O lema do nosso time está sendo esse, tentar sempre manter a calma, comunicar bem, sempre tentar entender o que o adversário está fazendo e o que a gente precisa fazer. Foi uma mistura de emoções mas nós jogamos muito bem e esse mapa foi muito mérito nosso.

TBK
(Foto: Riot Games)

EVOLUÇÃO DA TBK E EXPECTATIVAS PARA O DUELO PELA VAGA NO MUNDIAL

O bom desempenho da TBK no Last Chance Qualifier sul-americano não é coincidência. Atuando juntos há mais de um ano, ryotzz e seus companheiros já disputaram diversos torneios lado a lado, se conhecem muito bem dentro do servidor e tem apresentado uma grande evolução durante 2022. Para o jogador de 28 anos, sua equipe finalmente está colhendo os frutos de muito trabalho.

“Com certeza estamos colhendo os frutos do nosso trabalho. Nós já perdemos muito, jogamos contra times fortes e aprendemos muito com isso. Durante esse campeonato nós estamos crescendo, aprendendo com nossos erros e tentando corrigir. A Breeze de hoje é um exemplo disso, um mapa que perdemos contra a KRU e hoje jogamos muito bem contra um time muito forte. Estamos tentando crescer cada vez mais e essa é a hora de deslanchar”.

“Essas vitórias estão sendo muito coração, queremos muito vencer e queremos muito essa vaga para o Champions. Trabalhamos muito para isso e para estar no nível que estamos agora. Vamos seguir confiantes no nosso trabalho e acreditando até o final. Qualquer time que a gente vai enfrentar vai ser muito difícil, mas eu sinto que estamos preparados”, finalizou.

Veja também: Ator de Shang-Chi compartilha seu Ace no FPS

Pedro Mitke

por Pedro Mitke

Publicado em 14 de agosto de 2022 • Editado há quase 2 anos

Matérias Relacionadas
Valorant
VCT Americas 2024: FNS e s0m devem voltar a NRG, diz jornalista
Valorant

VCT Americas 2024: FNS e s0m devem voltar a NRG, diz jornalista

Segundo o jornalista, Alejandro Gomis, FNS e s0m devem retornar a NRG. Demon1 será movido ao banco de reservas do time de VALORANT.

Há 16 horas
Valorant
VALORANT: Mês do Orgulho terá recompensas exclusivas
Valorant

VALORANT: Mês do Orgulho terá recompensas exclusivas

Desde 2021, o VALORANT comemora o Mês do Orgulho em junho com a distribuição de recompensas especiais para os jogadores LGBTQIAP+ .

Há 18 horas
Valorant
Masters Shanghai 2024: Leviatán enfrentará T1; Veja confrontos
Valorant

Masters Shanghai 2024: Leviatán enfrentará T1; Veja confrontos

A Leviatán que é o único time com presença de brasileiro jogará contra a T1 pela permanência no Masters Shanghai 2024.

Há 20 horas
Valorant
Masters Shanghai 2024: Team Heretics bate Dragon Ranger Gaming
Valorant

Masters Shanghai 2024: Team Heretics bate Dragon Ranger Gaming

A Team Heretics estreou no Masters Shanghai 2024 nesta sexta-feira (24). O elenco do EMEA bateu a DRG por 2 a 0 sem grandes dificuldades.

Há 22 horas
Valorant
VALORANT: Skins não estarão no Mercado Noturno após bug
Valorant

VALORANT: Skins não estarão no Mercado Noturno após bug

A Produtora de skins, Preeti Khanolkar, afirmou que a coleção ZERØFANG e a Outlaw Prisma não estão disponíveis na loja por um bug.

Há 22 horas
Valorant
Masters Shanghai 2024: “Parecia que estava em casa”, diz aspas sobre China
Valorant

Masters Shanghai 2024: “Parecia que estava em casa”, diz aspas sobre China

Após a partida, na coletiva de imprensa, aspas afirmou que se sentiu em casa ao jogar no Stage chinês no Masters Shanghai 2024.

Há 22 horas

















































Campeonatos Atuais