Free Fire: “Vamos juntos mostrar uma LOUD avassaladora”, comenta Frois sobre o Mundial

FreeFire
De:Gustavo Koga-
May 20, 2021

O primeiro mundial de Free Fire do ano está cada vez mais perto. As duas representantes brasileiras, LOUD e Fluxo, já estão na Singapura, país cede do até então maior competição de 2021, e seguem com suas preparações para colocarem o Brasil novamente no topo do pódio mundial.

A LOUD terá um obstáculo a mais que o Fluxo, visto que a equipe de Kroonos e companhia precisará passar pela fase de play-in do mundial, para que então dispute a grande final do maior torneio do mundo.

Frois, coach da LOUD, comentou em entrevista para o Mais Esports que, mesmo com um estilo de jogo diferente, está confiante para o play-in. “Ter uma quantidade menor de equipes disputando o play-in nos dá uma facilidade de ter mais espaço, justamente para se movimentar no mapa e fazer mais jogadas simultâneas. É bem diferente do Brasil, em que as partidas contam com bem mais competidores vivos no final, e com menos espaço, tem uma diferença de estilo de jogo”.

Continue após a publicidade
LOUD
Foto: Garena Free Fire

Ele continuou dizendo que está muito empolgado para o início de seu primeiro mundial. “Estou com grandes expectativas no time para esse mundial. Nunca vivemos uma experiência como essa de sair do país, passando tantas dificuldades internas e externas [por conta do COVID e costumes de outro país]. Permanecemos unidos no mesmo objetivo como uma família”.

Quanto aos treinos, Frois disse estar enfrentando adaptações ao estilo de jogo da LOUD, visto que os estrangeiros apresentam costumes e práticas muito diferentes. “Nós já imaginamos que seria uma experiência nova. Eles [estrangeiros] fazem coisas que acreditam ser normais, sendo que, para a gente, é loucura. Um exemplo disso é que se você chegar perto demais de um deles, ele com certeza vai te meter uma foice na testa (risos). Estamos nos adaptando aos métodos de rush e movimentações dos estrangeiros pouco a pouco durante os treinos”.

Kroonos, um dos grandes destaques da line-up da LOUD, comentou que está animado para disputar o Free Fire World Series 2021, mesmo com o nível dos treinos abaixo dos realizados no Brasil. “As expectativas de disputar um mundial, principalmente representando o Brasil, são boas. Afinal, a gente tá treinando o máximo que a gente pode. Não que seja fácil conseguir treinos de alto nível, mas com certeza estamos desenrolando e dando o nosso melhor!”

Kroonos - LOUD
Foto: Garena Free Fire

O jogador também falou sobre a necessidade de jogarem o play-in dentro do hotel, e para ele, não interferirá no desempenho da equipe. “Sinceramente, eu não sei dizer por conta de ser uma experiência totalmente nova. Nós nunca vivemos isso e nunca disputamos um campeonato dessa forma, mas… no fundo, eu acredito que jogar do hotel não irá interferir na nossa performance como time”.

Frois fechou pedindo novamente o apoio da torcida da LOUD, e disse que isso dará gás ao time. “Vocês acreditaram em nós na repescagem, lá quando estávamos no fundo do poço. Agora que estamos disputando pelo topo, queremos vocês com a gente cada vez mais: vibrem, gritem e dêem o melhor de vocês. Com apoio e muito barulho, vamos juntos mostrar uma LOUD avassaladora!”

O mundial começará para a LOUD no play-in, que acontecerá no dia 28 de maio, e caso conquiste sua classificação para a grande final, voltará a campo no dia 30, para então disputar a decisão do até o presente momento, principal torneio de Free Fire do ano.

Veja também: Moreno está aberto a propostas e jogará como misterioso de equipe