Free Fire: Pai da Fac comemora estreia na LBFF: “Vai ser a realização de um sonho“

FreeFire
De:Victor Hugo Porto-
January 23, 2021

Multicampeão no Free Fire, o Pai da Fac fez 16 anos de idade e agora poderá atuar na LBFF – principal torneio da modalidade no Brasil. Em entrevista ao Mais Esports, o jovem mas já experiente jogador falou da estreia e a contratação pelo Fluxo Esports, organização de Nobru e Cerol.

A estreia do Pai da Fac na LBFF será neste sábado (23). O elenco do Fluxo também conta com JapaBKR, Syaz, Godkill e Nobru, além do próprio Fac e o treinador K9. A equipe está no grupo A junto de outros seis times como LOUD e Cruzeiro.

“Vai ser a realização de um sonho. Eu estou preparado há muito tempo, venho trabalhando pra isso e estou feliz que a hora chegou. Estou em uma organização gigante e vamos pra cima“.

Continue após a publicidade

Anteriormente sem poder jogar na LBFF, Fac acumulou experiência com títulos em torneios como a NFA e mais. Além disso, Fac aponta o  tempo ao lado desses jogadores como um fator importante.

“Ajuda muito a experiência de outros campeonatos. Eu jogo há muito tempo com esse time, então sem dúvidas as outras experiências serviram para me credenciar até aqui e também acompanho o trabalho do K9, que é excelente e me deixa muito confiante“.

Fac poderá jogar junto de Nobru, escolhido MVP do Mundial quando o Corinthians conquistou o torneio em 2019. Fac falou dessa oportunidade.

“O Nobru é, antes de tudo, um grande amigo. É o tipo de jogador que te puxa para cima. Ele nem sempre trabalha para ser o protagonista, ele joga pro time, é muito gratificante estar no time dele e de tantos outros craques. Não tinha como ser melhor“.

 No anúncio do elenco, Cerol falou do desejo de contratar alguns jogadores por serem grandes amigos de outras datas – como é o caso de Fac. O jogador de 16 anos revelou que recebeu muitas propostas, mas já tinha tudo definido com o Fluxo e também falou da seriedade da organização.

“Graças a Deus, sim. Recebi muitos convites legais. E fico muito lisonjeado por isso. Mas como eu já tinha tudo certo com a Fluxo, mesmo antes da organização ser criada, minha palavra ia valer. Ainda mais se tratando dessas pessoas. Agradeci a todos e espero deixar portas abertas“.

“Com certeza [a amizade com Nobru e Cerol] influenciou. Mas acima de tudo, vi muito profissionalismo. Não são só amigos jogando, tem muita gente séria trabalhando nos bastidores pra que a gente possa trabalhar tranquilo. O projeto é muito bom e muito grande. Isso influenciou mais. Conhecer as pessoas ajudou, sem dúvidas. Tenho certeza que vai ser um grande projeto“, finalizou.