Gigantes Free Fire: RED Canids Kalunga conquista 1 booyah e leva o título de campeão

FreeFire
De:Gustavo Koga-
August 1, 2020

Neste sábado (1) aconteceu o tão esperado Gigantes Free Fire, torneio que tratou de reunir os 12 melhores times da América do Sul para se enfrentarem em um único dia e buscarem o título da competição. A equipe que mais se destacou nas 8 quedas disputadas foi a brasileira RED Canids Kalunga com 208 pontos e 1 booyah, conquistando o troféu de campeão do Gigantes Free Fire.

Confira como ficou a tabela do Gigantes Free Fire:

Gigantes Free Fire
Imagem: Garena Free Fire

 

Primeira Queda

A primeira queda do Gigantes Free Fire aconteceu em Purgatório, e logo no início houve uma troca entre a paiN Gaming, a Malvinas e a B4. Todas caíram muito próximas, na região sul de Brasília. O brasileiro Modestia abriu o placar de abates e garantiu o First Blood encima de Juampag, já nos primeiros instantes da partida.

O booyah da primeira queda da competição foi disputado entre duas equipes brasileiras. A GOD e a B4 se enfrentaram em um 4×4 intenso. O time de General e companhia iniciou com o lança e depois rushou, garantindo as eliminações e soltando o primeiro grito do dia.

BOOYAH da GOD

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289617854179016709

Segunda Queda

Bermuda apareceu pela primeira vez na segunda queda do Gigantes Free Fire. A Furious Gaming e a GOD se enfrentaram. Pato cobrou o avanço dos adversários e rajou para cima de Tikii garantindo a primeira eliminação e abrindo o placar de abates do jogo. Porém os brasileiros rusharam e perderam a troca, e acabaram sofrendo o primeiro squad wipe do jogo.

A safe final foi disputada entre as argentinas Samurai e a Furious Gaming. A equipe de Diego tentou avançar fazendo muitas paredes de gelo, mas acabaram sendo cobrados e eliminados pela adversária.

BOOYAH da Samurai

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289626489214902273

Terceira Queda

O mapa Kalahari estreou no competitivo de Free Fire na terceira queda do dia, e contou com um início mais lento e controlado. A primeira troca da partida foi entre a GOD e a Black Dragons. A equipe de General rotacionou e levou a melhor, aplicando o primeiro squad wipe do jogo, continuando com todos os seus jogadores de pé.

A safe final foi disputada entre a INTZ, a Samurai e a B4. Graças a uma ótima jogada de Luk4sKn, os Intrépidos levaram a melhor no confronto contra os argentinos, mas Reei ficou marotado e espetou o término da troca para aparecer e garantir o terceiro booyah do Gigantes Free Fire.

BOOYAH da B4

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289631970738176000

Quarta Queda

A quarta queda do dia aconteceu novamente em Purgatório, e teve um início mais lento onde as equipes procuraram buscar loot e rotacionar. Na primeira troca do jogo, o jogador da B4 K4uelok deitou o argentino Della e rapidamente garantiu o primeiro abate do jogo.

A última safe da partida foi disputada entre a RED Canids Kalunga, a Black Dragons e a B4. O confronto foi muito marcado pela AWP de Alemão e de Phoenix, mas a equipe de ambos estavam mal posicionados e fora da safe, tanto que Morato foi eliminado pela zona elétrica. No final, Pato conquistou o abate de Dexter e garantiu a dobradinha no Gigantes Free Fire.

BOOYAH da GOD

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289639409298612230

Quinta Queda

A quinta queda do dia aconteceu em Bermuda e contou com um início mais agitado. A B4 e a Samurai se encontraram na região de Bimasakti Strip. Modestia e K4ueLok rajaram nas costas dos adversários e garantiram muita vantagem no confronto. A equipe brasileira abriu o placar de abates de conquistou o primeiro squad wipe da partida, continuando com todos seus jogadores de pé.

O booyah foi disputado entre a GOD e a Furious Gaming. A equipe brasileira possuía muita vantagem no confronto, visto que era um 3×1. Aproveitando a situação, o time de Pato avançou e eliminou Focus, levando seu terceiro booyah no Gigantes Free Fire.

BOOYAH da GOD

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289648123489460224

Sexta Queda

Kalahari deu as caras pela última vez no Gigantes Free Fire, na sexta queda do dia. Logo no início, a argentina Malvinas enfrentou a chilena Wild e dando um show de movimentação, levou a melhor e garantiu o primeiro squad wipe do jogo.

O sexto booyah do dia foi disputado pela RED Canids Kalunga, GOD e B4. O time de Pato rotacionou primeiro e pegou um posicionamento melhor em relação as adversárias, conquistando seu quarto booyah na competição.

BOOYAH da GOD

Sétima Queda

Purgatório apareceu pela última vez no Gigantes Free Fire na sétima queda do dia. Logo no início, novamente a Wild e a Samurai se enfrentaram na região de Fields, e Andy rajou para cima dos adversários e a equipe argentina levou a melhor e garantiu primeiro squad wipe do jogo.

A safe foi disputada entre a RED Canids Kalunga e a paiN Gaming, próxima a região de Fields. A Matilha conquistou um melhor posicionamento e contado com uma jogada brilhante de lança, garantiu o booyah.

BOOYAH da RED Canids Kalunga

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289661346351636480

Oitava Queda

A última e decisiva queda do Gigantes Free Fire aconteceu em Bermuda. A Black Dragons e a Wild caíram na região de Mill e já tentaram contestar os adversários. Os chilenos levaram a melhor no início, levando três jogadores da equipe brasileira. Mas Otrembb conseguiu abater 2 jogadores da Wild e recuou para buscar mais posicionamento na tabela.

A última safe do dia foi disputada em Kota Tua entre a RED Canids Kalunga e a Newstar. Wanheda era o último jogador vivo da Matilha, e mesmo morrendo para a zona elétrica, garantiu o segundo lugar e o título do Gigantes Free Fire.

BOOYAH da Newstar

https://twitter.com/EsportsFreeFire/status/1289669516285313025

Saiba onde foram transmitidas todas as oito quedas do Gigante Free Fire

Todas as oito partidas do Gigantes Free Fire que foram disputadas neste sábado (1) foram transmitidas na plataforma de streaming BOOYAH! e no canal da própria Garena no YouTube.

Veja também: Peuzada é suspenso até final do 3° split da LBFF por aliciamento