×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Horizon Cup: “Bem dolorida”, declara Mike sobre derrota de virada da TSM

Wild Rift

Nesta segunda-feira (15), a brasileira TSM teve um bom jogo contra os favoritos ao título da Horizon Cup, a KT Rolster Y, mas acabou derrotada por 2×1, de virada. O meio da TSM, Mike, conversou com o Mais Esports, onde demonstrou sua frustração diante de uma série que estava nas mãos dos brasileiros, mas escapou diante de erros e decisões erradas.

Mike TSM Horizon Cup Dia 3
Mike lamentou derrota de virada para a KT Rolster Y (Foto: Riot Games)

Entramos na série esperando que eles fossem um time bom em lutas e fossem levar todos os jogos para o late game. Tentamos lutar contra isso de duas formas, primeiro forçamos muito no early e depois só lutávamos quando realmente necessário, já no Jogo 2 perdemos no dedo, eles lutaram bem no Dragão, enquanto que no Jogo 3 tivemos algumas decisões questionáveis… Eu estou tremendo agora, porque a derrota foi bem dura, especialmente porque apreciamos o trabalho da KT, acreditamos que eles são fortes concorrentes ao título, então quase vencer hoje nos deixou com um gostinho.

Apesar da derrota, a TSM atualmente ocupa a terceira colocação do Grupo A, dentro da zona de classificação para os playoffs da Horizon Cup. Para Mike, ter um jogo tão disputado com os sul-coreanos mostra a força da equipe brasileira e alimenta a esperança de uma possível classificação, que poderá ser confirmada na próxima quarta (17), quando a TSM joga contra a SBTC Esports, do Sudeste Asiático.

“Estamos trabalhando muito para isso e, querendo ou não, no primeiro jogo de hoje jogamos muito bem. Infelizmente não foi o bastante, mas tenho certeza que contra a SBTC será”, completa.

TSM descansa na Horizon Cup

Porém, antes de enfrentar o último adversário pela Fase de Grupos, a TSM terá um dia de “descanso”, sem jogos oficiais, que usará para focar no confronto decisivo contra o time do Vietnã. Para Mike, o dia de folga é “5000% positivo”.

Esse jogo (contra SBTC) significa a nossa classificação, e querendo ou não, a vitória em jogo único contra a KT ajuda um pouco, até porque perdemos uma partida para a Tribe, isso afeta a colocação em caso de empate. Esse intervalo significa muito para podermos colocar um 2-0 limpo neles.

Enquanto a TSM descansa e treina, nesta terça-feira (16), a Horizon Cup continua com mais quatro séries. SBTC e Tribe, cujo confronto é importante para os brasileiros, abrem o dia. Na sequencia teremos Thunder Talk x Team Queso, KT x DKG e Sengoku Gaming x Team Secret.

Você confere a cobertura completa da Horizon Cup aqui no Mais Esports.

Veja também: Fãs reclamam que a skin Vi Arcane é melhor no Wild Rift

Vitor Ventura

por Vitor Ventura

Publicado em 15 de novembro de 2021 • Editado há mais de 2 anos

Matérias Relacionadas
League of Legends
Jogador alcança elo máximo em todos os jogos da Riot e fala sobre o mais difícil
League of Legends

Jogador alcança elo máximo em todos os jogos da Riot e fala sobre o mais difícil

Um jogador conseguiu alcançar o elo máximo no League of Legends (LoL), VALORANT, Teamfight Tactics (TFT), Legends of Runeterra e Wild Rift.

Há 1 ano
League of Legends
Djoko sobre Baiano e Wild Rift: “Ali é coragem pura, sem medo”
League of Legends

Djoko sobre Baiano e Wild Rift: “Ali é coragem pura, sem medo”

Coach falou de sua relação com Baiano e contou como surgiu convite para participar do competitivo de Wild Rift com a Só Agradece.

Há mais de 1 ano
Wild Rift
Riot oficializa fim do competitivo de Wild Rift no Ocidente
Wild Rift

Riot oficializa fim do competitivo de Wild Rift no Ocidente

Wild Rift só continuará com competitivo na Ásia. Riot Games Brasil estuda possibilidade de manter eventos especiais com parceiros em 2023.

Há mais de 1 ano
Wild Rift
Wild Rift: Riot Games deve anunciar fim do competitivo no Brasil
Wild Rift

Wild Rift: Riot Games deve anunciar fim do competitivo no Brasil

Com baixa audiência, Riot focará o cenário competitivo de Wild Rift somente em países do Sudeste Asiático, Coreia e China

Há mais de 1 ano
Wild Rift
Wild Rift: “É um passo importante” comenta Ravena sobre torneio feminino
Wild Rift

Wild Rift: “É um passo importante” comenta Ravena sobre torneio feminino

Ravena Dutra, caster de Wild Rift, conversou com o Mais Esports e falou sobre a importância do Wild Circuit Game Changers feminino. Veja!

Há mais de 1 ano
Wild Rift
Wild Rift: “Pela primeira vez, sinto orgulho de mim”, comemora Noelle
Wild Rift

Wild Rift: “Pela primeira vez, sinto orgulho de mim”, comemora Noelle

O Mais Esports conversou com as jogadores da TBK Esports, finalista do torneio feminino de Wild Rift, o Wild Circuit Game Changers. Veja!

Há mais de 1 ano

















































Campeonatos Atuais