Horizon Cup: Petroni lamenta derrota da TSM para si mesma: “Viemos com a proposta errada”

Wild Rift
De:Vitor Ventura-
November 14, 2021

A TSM, representante do Brasil na Horizon Cup, acabou derrotada pela DKG neste domingo (14), por 2-0. A derrota deixou os brasileiros na terceira colocação do Grupo A, a última posição dentro da zona de classificação aos playoffs deste que é o primeiro torneio internacional de Wild Rift.

Petroni TSM Horizon Cup Dia 2
Petroni lamentou proposta e erros cometidos pela TSM em confronto com a DKG (Foto: Riot Games)

O Mais Esports conversou com o Dragon Laner da TSM, Petroni, que explicou os motivos que levaram sua equipe para a derrota no jogo de hoje, além das expectativas para as próximas rodadas, que serão cruciais para que o Brasil garanta a classificação.

Continue após a publicidade

Para hoje, viemos com uma proposta de scailing contra eles e fomos punidos por isso. No Jogo 1 até conseguimos cumprir isso, estávamos bem, mas tomamos um pickoff na side lane, faltou comunicação da nossa parte e depois eles só cresceram em cima de nós. Se não tivéssemos errado, eu teria conseguido chegar ao Power Spike do Ezreal e provavelmente venceríamos todas as lutas.

O jogador lamentou o erro crucial que custou a primeira partida, mas também a proposta “errada” para o Jogo 2, além da TSM ter sido pega de surpresa pela postura agressiva da equipe chinesa, algo que Petroni admite que não esperava, visto a partida de ontem da DKG contra a SBTC Esports, do Sudeste Asiático.

“Acredito que viemos com a proposta errada de jogo. Nós achávamos que eles focariam os recursos no caçador (Huiba), mas eles também vieram bem mais agressivos, trocando o Ziggs pelo Varus e ficou difícil”, explica.

Petroni diz ainda que a TSM tomou decisões erradas ao longo da série, como lutar no momento em que sua composição ainda não estava no ponto ideal.

Próximo adversário na Horizon Cup

Tendo jogado duas séries na Horizon Cup, a TSM tem mais dois adversários para encontrar, sendo que o próximo, desta segunda-feira (15), será a KT Rolster, que fez sua estreia hoje e bateu a SBTC por 2-0.

KT Rolster Horizon Cup Dia 2
KT é a próxima adversária da TSM na Horizon Cup (Foto: Riot Games)

Petroni conta que o elenco da TSM é bastante próximo ao da KT e que ambos chegaram a treinar juntos antes do início da competição.

Quando chegamos em Singapura, treinamos com eles e também vimos seus jogos, sabemos o atual nível da KT e achamos que eles são favoritos ao campeonato. Então a série de amanhã será difícil, mas sabemos que todas serão complicadas, o nosso Grupo é assim e estamos trabalhando série após série.

Depois de pegar os sul-coreanos da KT Rolster, o próximo e último time na agenda da TSM é a SBTC, que veio com ares de favorita, mas até agora perdeu suas duas séries e pelo placar de 2-0, o que a colocou na lanterna do Grupo A.

Antes do último jogo, porém, os brasileiros terão um dia de “descanso”, isto é, sem jogos oficiais. Para Petroni, isso será fundamental para que a equipe se prepare, ainda mais considerando os últimos resultados do time do Vietnã.

“Provavelmente será a série decisiva para o nosso grupo. A SBTC foi um dos times para quem mais nos preparamos no Brasil e quando chegamos aqui também, pois sabemos que podemos ganhar deles, ainda mais pelo nosso estilo de jogo. Provavelmente eles serão nossos adversários diretos pela classificação”, conclui.

Você confere a cobertura completa da Horizon Cup aqui no Mais Esports.

Veja também: Kiral, do Vietnã, não vê vantagem para equipes do Sudeste Asiático: “Meta mudou muito”

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!