Legends of Runeterra: leomane sobre cena competitiva: “É questão de tempo até a Riot anunciar um circuito oficial”

Legends of Runeterra
De:Bruno Martins-
October 16, 2019

A Riot Games anunciou na noite da última terça-feira (15) seu novo cardgame: Legends of Runeterra. Após o evento de anuncio, diversos jogadores e influenciadores já estavam transmitindo ao vivo a gameplay do jogo. Após a fala do streamer Fernando “ness” Torigoe, o profissional de Hearthstone Leo “leomane” Almeida também falou com o Mais Esports a respeito de suas primeiras impressões sobre Legends of Runeterra.

A primeira impressão que leomane teve não foi ontem (15), dia de anuncio do jogo. O jogador revelou que já havia conhecido antes o título em um evento no qual foi convidado da Riot Games. “Eu joguei Legends of Runeterra antes em um evento que a Riot me chamou pra apresentar o jogo. E fui surpreendido positivamente. Com a experiência de ter jogado Hearthstone e Magic em alto nível, posso dizer que essa reação não é comum em card games”, falou.

Leomane, assim como outras personalidades do cenário, também afirmou que o nível de complexidade do game é entre os seus concorrentes, Hearthstone e Magic e que esse fator é positivo para todos os tipos de jogadores. “Eu diria que (o nível de complexidade) é entre Hearthstone e Magic, o que torna o jogo muito bom, do ponto de vista do jogador casual e do jogador competitivo”.

Continue após a publicidade

A respeito da questão esportiva, o jogador foi direto ao ponto e cravou que campeonatos da modalidade logo serão organizados. “É questão de tempo até a Riot anunciar um circuito oficial. Assim que existir a opção de desafiar amigo já terão campeonatos de third party”, afirmou.

Um assunto abordado também foram as difenças presentes entre outros card games do mercado. O jogador deu sua opinião a esse respeito: “A maior diferença é o turno simultâneos, mas outra que é relevante é a paciência da Riot de desenvolver o jogo por anos até ter um produto refinado e lançar já com essa força toda”.

Leomane também ficou feliz que a Riot Games prometeu um balanceamento constante no meta, com atulizações de nerfs e buffs. “A própria Riot se pronunciou que iria se preocupar de atualizar as cartas com muita frequência com nerfs e buffs, o que é um grande diferencial com os outros jogos. No caso do Magic, eles não podem alterar a carta e tem que banir e o Hearthstone, que poderia fazer essas mudanças, faz em uma frequência que eu considero baixa para integridade competitiva do jogo”.