×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Leo Faria, head do VALORANT, explica porque instrumentos não foram permitidos no VCT Lock In

Valorant

Um dos aspectos mais marcantes do IEM Rio Major 2022 de CS:GO foi a festa que a torcida brasileira realizou, com direito a torcidas organizadas e diversos instrumentos. Assim que o VCT Lock In foi anunciado, muitos esperavam que as arquibancadas do Ibirapuera fossem palco do mesmo cenário, porém a Riot Games proibiu a entrada de qualquer tipo de bateria no Ginásio.

Muitos torcedores questionaram a decisão da Riot Games de barrar a utilização de instrumentos no Iburapuera. Leo Faria, head global de VALORANT, explicou em entrevista ao Mais Esports o porque de decisão. O diretor afirmou que apesar de achar a festa incrível, algumas pessoas poderiam se sentir incomodadas e o alto barulho atrapalharia os jogadores no palco.

Para ser 100% sincero, eu acho que o calor que a torcida traz com instrumento é sensacional e não tem como negar que funciona e fica animal. O desafio é: a gente sempre prioriza o conforto e a segurança da galera que vem aos nossos eventos. Se você olhar para a comunidade de VALORANT, é uma comunidade super diversa, uma galera mais jovem e tem muita mulher. E nem todo mundo se sente confortável do lado de um bando de cara com instrumentos gigantescos sem camisa. E eu não estou dizendo que não é animal, é irado, mas nem todo mundo se sente confortável. Eu acho que o que a gente pode fazer no futuro é planejar com mais antecedência, possivelmente criar uma seção de ingressos que é dedicada para a galera que quer fazer uma torcida organizada, afirmou Leo Faria. 

O segundo motivo é que a galera já é tão barulhenta, no bom sentido, que a gente já tem os desafios no palco com os microfones e os jogadores não se escutam. Então também precisamos preparar o palco de alguma maneira, criar cabines ou alguma proteção acústica. Porque se já foi difícil só com gritaria, com tambores e batecos a coisa ficaria mais difícil ainda. Então como não tínhamos soluções ideais para esses dois problemas, preferimos não liberar. Espero que no futuro a gente consiga encontrar uma solução boa para deixar acontecer.

O VCT Lock In aconteceu entre os dias 13 de fevereiro e 4 de março na cidade de São Paulo. A competição foi a maior da história do FPS da Riot Games e contou com a participação de todas as 30 equipes aprovadas no sistema de franquias – entre elas as brasileiras LOUD, MIBR e FURIA -, e mais duas organizações convidadas da China.

Foto de Leo Faria, head global do VALORANT que esteve no VCT Lock In
(Foto: Riot Games)
Pedro Mitke

por Pedro Mitke

Publicado em 20 de março de 2023 • Editado há 1 ano

Matérias Relacionadas
Valorant
VCT Americas 2024: pANcada pode retornar a LOUD para a Etapa 2
Valorant

VCT Americas 2024: pANcada pode retornar a LOUD para a Etapa 2

Após vários rumores em relação ao futuro de pANcada, o jogador pode retornar a LOUD, segundo as apurações do Mais Esports.

Há 1 dia
Valorant
VCt Americas 2024: qck anuncia saída da LOUD
Valorant

VCt Americas 2024: qck anuncia saída da LOUD

qck revelou em suas redes sociais que está livre para receber propostas de outras equipes de VALORANT. O jogador deixa a LOUD após 6 meses.

Há 1 dia
Valorant
Game Changers Brasil 2024: Team Liquid é pentacampeã do torneio
Valorant

Game Changers Brasil 2024: Team Liquid é pentacampeã do torneio

A Team Liquid é pentacampeã do Game Changers Brasil 2024! O elenco venceu o MIBR por 3 a 1 na grande final da Etapa 1.

Há 2 dias
Valorant
VALORANT: Qual é a composição mais utilizada no jogo?
Valorant

VALORANT: Qual é a composição mais utilizada no jogo?

Atualmente o VALORANT conta com 24 agentes para serem combinados, mas você sabe qual é a composição mais utilizada no joog? Confira.

Há 3 dias
Valorant
VCT Americas 2024: Stk sobre LOUD: “Algumas opções que podem acontecer”
Valorant

VCT Americas 2024: Stk sobre LOUD: “Algumas opções que podem acontecer”

A comunidade se movimentou com possíveis alterações na LOUD após a eliminação no VCT Americas, em um vídeo stk falou sobre a situação.

Há 3 dias
Valorant
Game Changers Brasil 2024: MIBR e Team Liquid se enfrentam na final
Valorant

Game Changers Brasil 2024: MIBR e Team Liquid se enfrentam na final

A Team Liquid venceu a Revoada por 3 a 1 e garantiu a vaga na grande final da Etapa 1 do Game Changers Brasil 2024 contra o MIBR.

Há 3 dias

















































Campeonatos Atuais