LoL: Após deixar a T1, Kim é o novo treinador da Bilibili Gaming

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
November 18, 2020

O treinador Kim está de volta à China, dessa vez para comandar a Bilibili Gaming. Ele liderou a T1 em 2020, mas após os resultados ruins no segundo split, decidiu deixar a organização sul-coreana.

Kim
Bilibili anuncia a contratação de Kim. Foto: Divulgação/Bilibili Gaming

Carreira de Kim

Continue após a publicidade

Kim tem uma bagagem de sucesso como treinador de LoL. Ele treinou a Samsung Galaxy durante 2016 e ajudou a organização a chegar na final do Worlds daquele ano, ocasião em que perderam para a SKT. Ele também comandou a Longzhu em 2017 e Invictus Gaming em 2018, ano em que a organização chinesa venceu o Worlds.

Após o título, o jogador voltou para a Coreia e treinou a DAMWON durante todo 2019, e no fim do ano se juntou a T1, permanecendo até então. Junto ao treinador, Faker e companhia foram campeões do primeiro split deste ano, mas acabaram falhando em conseguir o título e classificação para o Worlds na segunda metade do ano.

Após os resultados, o próprio treinador pediu para sair da organização. Ele revelou estar “muito frustrado” com a equipe não ter conseguido o título e nem vaga no Worlds.

Contratações da T1 e Bilibili

A T1 já contratou substitutos para comandar o time em 2021. Zefa e Daeny, que acabaram de ser campeões mundiais com a DAMWON, ajudarão a equipe a tentar ter um ano de sucesso na próxima temporada.

Na Bilibili, Kim é o primeiro reforço da organização chinesa para o próximo ano. A equipe não teve um bom 2020 e terminou na 10° e 12° colocação da LPL, respectivamente.

Veja também: Ex-DRX, Keria é o novo suporte da T1

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!