LoL: Barcelona anuncia entrada no cenário competitivo

League of Legends
De:Vitor Ventura-
November 10, 2021

O Futbol Club Barcelona anunciou nesta quarta-feira (10), que entrará para o cenário competitivo de League of Legends para a temporada de 2022. O Barça eSports afirmou que disputará a Liga de Videojuegos Profesional Navbox (LVPes), ou Superliga, que é o campeonato nacional da Espanha de LoL.

Ainda segundo o comunicado, a entrada do Barcelona no League of Legends é uma maneira para “estreitar as relações do clube com os Esports, onde investe há aproximadamente dois anos.” Além do LoL, o Barça atua nos cenários de eFootball (antigo Pro Evolution Soccer), Rocket League e Hearthstone.

No entanto, o clube não deu informações sobre possíveis nomes de lineup para a disputa da temporada 2022 da Superliga de LoL.

Formato da Liga nacional e vaga do Barcelona

A Superliga possui dez equipes na disputa, mas terá novidades para o ano que vem. Além da entrada do Barça eSports no lugar da S2V Esports, duas vagas ainda estão sem definição, já que a Astralis SB vendeu sua vaga para uma organização ainda sem nome, mas que pertence a Gerard Piqué, jogador de futebol e zagueiro do Barcelona.

Além disso, a Team Queso firmou uma parceria com a Fnatic, o que deixou a vaga em aberto, e a Bisons ECLUB adquiriu a vaga da BCN Squad.

O campeonato espanhol de LoL tem um formato bastante semelhante com o CBLOL no Brasil. Ao todo, dez times disputam uma fase de pontos em partidas Md1, onde os dois primeiros colocados vão diretamente às semifinais, enquanto que do 3º ao 6º disputam as Quartas de Final.

EU Masters

Contudo, por não ter ligação com a principal liga europeia, a LEC, os melhores times da Superliga, e de outros torneios nacionais na Europa, disputam o EU Masters. No caso da Espanha, três times se classificam para o torneio europeu: os dois finalistas e a equipe que ficou em 1º lugar na Fase Regular.

Portanto, a Vodafone Giantes, campeã do 2º split da Superliga 2021, foi para a Fase de Grupos do EU Masters, assim como a UCAM Esports Club, vice-campeã. O terceiro time classificado foi a Movistar Riders, que terminou a Fase Regular em 1º lugar, e por isso, disputou a Fase de Entrada do campeonato continental.

A Movistar Riders, inclusive, foi a equipe que cedeu parte de seu Gaming Office para a RED Canids Kalunga, durante o bootcamp dos brasileiros antes da disputa do Worlds 2021.

Veja também: Doublelift detona TSM: “Seria um prazer vê-los não ganhar nada nunca mais”

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!