×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

LoL: Ex-gerente da Riot critica e empresa por barrar o desenvolvimento do Brasil

League of Legends

Pouco após a eliminação da LOUD no Worlds 2023, Marina, ex-gerente de operações de esports da Riot Brasil, falou sobre como a desenvolvedora “barrou” a evolução da região desde o começo e favoreceu a Europa e América do Norte.

Marina critica a Riot e cita “discriminação sistêmica”

Em uma publicação no Twitter, Marina afirmou que o Brasil começou como uma região promissora, mas sempre teve mais barreiras para evoluir, incluindo o mínimo de investimento possível por parte da Riot.

Todo Worlds eu leio esses post de br desapontado. Se pá da pra voltar um ano atrás e ir reciclando, nem precisa escrever msg nova. O Brasil começou como uma região promissora, mas por causa da discriminação sistêmica da Riot eles criaram um ambiente impossível pra região evoluir.

No início tínhamos o Wildcard international, q forçava os meninos a jogarem um camp extra e chegar no Worlds muitas vezes virados sem dormir por dias, enquanto as demais regiões faziam 2 semanas de bootcamp ou descansava.

Marina também falou da diferença de investimento no Brasil e a LCS:

Regiões como o BR subsidiava times com uma quantia míngua, enquanto LCS subsidiava times com uma quantia muitas x maior que regiões menores(chegava a milhões a mais). Os times no br tinham o suficiente apenas pra sobreviver. Na LCS Jogadores eram pagos pra participar da transmissão.

Você acha que com esse investimento, não digo o mesmo, apenas proporcional desde la no começo, o Brasil não seria uma das regiões mais fortes do mundo? O nosso erro é que somos uma região que não massageia o ego gigante dos rioters, aí o esforço era sempre pra apagar a gente.


Em resposta a um comentário, Marina revelou também que até mesmo a Coréia e China, regiões mais fortes do LoL, competitivamente falando, tiveram que lutar para terem investimentos maiores. Inclusive, ela citou que a LPL em alguns momentos teve que “envolver a Tencent” para conseguir algumas coisas. A Tencent é a empresa dona da Riot Games.

Eles (Riot) sempre fizeram de tudo pra favorecer EU e NA, a Ásia teve que lutar muito pra impor respeito. Muitas vezes a China teve que envolver o Tencent daddy e lembrar a Riot que quem manda lá é a China. Não vou falar mais não quero tomar processo

As críticas de Marina chegam logo após mais uma campanha em que o time brasileiro de LoL não consegue avançar da Fase de Entrada da competição. Após o resultado negativo, novamente a comunidade voltou a discutir qual seria a solução para a nossa melhora. Até mesmo Casimiro, um dos maiores streamers do Brasil, entrou no assunto e sugeriu algumas iniciativas.

tinowns da LOUD no Worlds 2023
A LOUD foi eliminada do Worlds 2023 com apenas uma vitória em série (Imagem: Reprodução/Riot Games_

Marina também faz críticas ao cenário de VALORANT no Brasil

Após todas as publicações, Marina também falou sobre o que a Riot Games está fazendo com o cenário de VALORANT no Brasil.

Vou nem começar a falar o que fizeram com Valorant…nossos times sabem muito bem. Br ganhou msm com adversidades, aí foram lá e absorveram nossos times mais populares e faliram o resto…

Atualmente, o cenário brasileiro de VALORANT Tier 2 observa uma debandada dos times no VCB, a liga brasileira do jogo. Até mesmo a The Union, atual campeã da competição, informou que deixará o cenário em 2024.

Com a saída do competitivo, a organização se une a Vivo Keyd, ODDIK, LibertyTropiCaos que decidiram encerrar os investimentos no cenário de VALORANT, esta última também encerrou as atividades em outras modalidades assim como a Union.

Anteriormente, o Mais Esports entrevistou exclusivamente o Head Global de VALORANT, Leo Faria, onde o diretor afirmou que o Tier 2 tinha como objetivo desenvolver talentos.

Imagem de um telão com a logo da Riot Games
(Imagem: Divulgação/CBLOL)
Bruno Rodrigues

por Bruno Rodrigues

Publicado em 18 de outubro de 2023 • Editado há 9 meses

Matérias Relacionadas
League of Legends
LoL: Aprenda a counterar o Shaco e o Teemo no ARAM com um item
League of Legends

LoL: Aprenda a counterar o Shaco e o Teemo no ARAM com um item

Aprenda a counterar o Shaco e o Teemo no ARAM com apenas um item do LoL não tão popular no modo e seja você o pesadelo deles!

Há 6 horas
League of Legends
CBLOL 2024: Nessa semana, o VKS Guigo foi o melhor do mundo em uma estatística
League of Legends

CBLOL 2024: Nessa semana, o VKS Guigo foi o melhor do mundo em uma estatística

Nessa última semana, o top-laner da VKS, Guigo, foi o melhor do mundo em uma estática. O jogador superou até mesmo uma lenda do LoL competitivo.

Há 9 horas
League of Legends
CBLOL 2024: Amizade>Super-time? Entenda a melhora da KaBuM
League of Legends

CBLOL 2024: Amizade>Super-time? Entenda a melhora da KaBuM

A KaBuM da Amizade tem chances reais de ir para os playoffs do CBLOL, diferente da "Super KaBuM" de algumas rodadas atrás!

Há 9 horas
League of Legends
CBLOL 2024: A LOUD pode voltar? Confira o retrospecto da Era Verde
League of Legends

CBLOL 2024: A LOUD pode voltar? Confira o retrospecto da Era Verde

A LOUD ainda consegue voltar no CBLOL? Este é o pior início de segundo turno? Relembramos todas as campanhas da Era Verde para responder essas perguntas.

Há 12 horas
League of Legends
LEC 2024 3º split: Após 1ª rodada de playoffs, FNATIC e G2 seguem na Chave Superior
League of Legends

LEC 2024 3º split: Após 1ª rodada de playoffs, FNATIC e G2 seguem na Chave Superior

FNATIC e G2 seguem na Chave Superior após 1ª rodada dos playoffs da LEC 2024 3º split. Primeiro finalista vai ser decidido na próxima rodada!

Há 13 horas
League of Legends
Resposta LoLdle hoje – 15 de julho: veja todas as soluções do dia
League of Legends

Resposta LoLdle hoje – 15 de julho: veja todas as soluções do dia

Confira a resposta LoLdle hoje, dia 14 de julho. O mini-game de LoL traz diversos desafios de adivinhação do League of Legends.

Há 18 horas

















































Campeonatos Atuais