LoL: Febiven anuncia aposentadoria e desabafa sobre situação atual do cenário

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
July 19, 2021

Após sete anos competindo no cenário de League of Legends, o mid laner Febiven anunciou sua aposentadoria como jogador profissional. Ele vinha atuando na Fnatic Rising até então, o time de “categoria de base” da Fnatic.

Febiven publicou uma mensagem agradecendo a todas as “pessoas incríveis” com quem já trabalhou e principalmente a Fnatic, por ter lhe dado outra chance de entrar em uma organização da LEC. “Tive muita sorte de poder fazer o que amei por tanto tempo e estou super orgulhoso e feliz como tudo aconteceu do início ao fim”.

O mid laner contou que a sua decisão de se aposentar veio após perceber que as chances de voltar a uma equipe da elite eram muito baixas, somado ao fato de o seu “amor pelo jogo” também estar diminuindo.

Ele também criticou a forma com que todos se percebem no cenário, e que há muitos envolvidos que merecem mais/menos do que têm hoje. Febiven também disse que os melhores jogadores com quem ele já trabalhou geralmente são “emocionais ou tóxicos” e costumam ser maltratados pela forma como trabalham ou se comportam.

Esses jogadores são os mais talentosos na minha opinião, e com mais espaço para se tornarem os melhores. As pessoas percebem o comportamento negativo/tóxico de resolver problemas como algo ruim, o que obviamente pode ser, mas vamos lá, o cenário está cheio de pessoas que são tão sensíveis e isso é um grande problema para a falta de melhoria e progresso dos jogadores e equipe. Para dar um exemplo, em esportes reais você costuma ver colegas de equipe gritando uns com os outros ou até mesmo fazendo gestos com as mãos e eles sabem que faz parte disso, é um esporte, sempre há uma razão pela qual um jogador pode ser emocional e se eles usam isso para se tornarem um jogador melhor; então, deixe-os usar isso como uma força de qualquer maneira que puderem, mesmo que possa ser percebido como negativo

Febiven ainda deixou uma mensagem para os jogadores que estão chegando e começando agora: sejam mais rígidos.

Assuma a responsabilidade por suas ações e perceba que você está no controle de onde está indo nesta competição. Naturalmente, você terá que se esforçar, do contrário ficará obsoleto e cairá. Percebi que poucos jogadores e treinadores gostam de conflito e afastam a responsabilidade que não levará a nada além de uma atmosfera ‘medíocre’ na minha opinião. Você não pode simplesmente sentar e esperar que as coisas aconteçam. Reflita sobre seu comportamento e ações porque tudo está conectado no ambiente de equipe. Você pode fazer a diferença como ‘Um’, mas nunca vencerá sozinho.

Carreira de Febiven

Foto do Febiven enquanto ele jogava pela Fnatic
Febiven ficou conhecido pela sua passagem na Fnatic. (Foto: Divulgação/LoL Esports)

Febiven começou a jogar em 2014 pela Cloud9 Eclipse, representante europeia da Cloud9. Naquele mesmo ano ele entrou na H2K e ficou até janeiro de 2015, quando entrou na Fnatic. Foi quase dois anos na organização,  dois títulos da LEC (LCS EU na época), uma campanha perfeita na fase regular (18-0), 3°-4° lugar no MSI 2015 e no Worlds 2015 e um vice-campeonato na IEM Season 10.

Foi na Fnatic que Febiven ganhou reconhecimento e se tornou um dos melhores mid laners da Europa, mas após lá o jogador também passou pela H2K, Clutch Gaming, Misfits e Fnatic Rising, sua última equipe antes de anunciar a aposentadoria.

O jogador finalizou sua mensagem dizendo que a aposentadoria lhe dará muito tempo para pensar no que fazer daqui para frente.

Veja também: “Até a moça da copa está insatisfeita”, diz manager do Flamengo sobre resultados do CBLOL 2021