- Publicidade -

O Flamengo e-Sports é o atual vice-campeão do CBLoL. Após uma primeira etapa turbulenta, apesar do resultado, a equipe se prepara para conquistar o título e disputar o seu segundo campeonato mundial da história.

O Mais Esports conversou com o mid laner, Goku, sobre as expectativas para o 2º split de 2020, a nova line-up do Flamengo e o confronto com Rainbow, jogador de mesma posição do Santos, que chega com bastante expectativa para a elite do LoL brasileiro.

“Foi um split de muito aprendizado. Eu aprendi a jogar com o Ranger, estamos mais próximos agora. O que posso tirar desse 1º split é que, mesmo com situações adversas no time e na organização, o time ainda pode ir bem. A KaBuM é um exemplo, todos achavam que seria rebaixada e foram campeões”, declarou Goku sobre a primeira etapa deste ano do Flamengo.

Em entrevistas passados, o treinador rubro-negro, Djoko, contou que sua equipe passou por diversos problemas durante o 1º split do CBLoL. Quanto a isso, questionado se no fim das contas o vice-campeonato era um bom resultado, Goku fica em cima de muro.

“Foi mediano. Claro, poderia ter sido pior, mas se olharmos para trás, tínhamos totais condições de ganhar, só que, infelizmente, não deu.”

O Flamengo anunciou a volta de Luci para a bot lane, além do reforço de Bvoy. Sobre o período da janela de transferências, o mid laner revela certa ansiedade logo após o vice para a KaBuM: “Não sabíamos o que iria acontecer com a line-up.”

Goku está em busca de sua 5ª final seguida de CBLoL (Foto: Riot Games)

“Aos poucos que fomos acertando com os novos jogadores e com o Luci, ficamos mais animados e agora to bem ansioso para jogar com eles. O Luci é, com certeza, o melhor suporte que o Brasil já teve jogando o CBLoL. A volta dele é importantíssima.”

Um dos adversários de Goku nesta segunda etapa é o Santos, recém chegado do Circuito Desafiante. Seu mid laner, o sul-coreano Rainbow, foi um dos grandes destaques da equipe e do próprio torneio. Quanto ao seu rival, o Meio rubro-negro tratou de baixar as expectativas sobre o jogador.

“Eu acho ele bom, mas não tanto quanto as pessoas dizem que ele é. Particularmente, eu estou animado para jogar contra ele para provar meu ponto. […] Não que ele seja ruim, ele é bom, mas usando uma palavra ‘cursed’, ele é overrated (superestimado). As pessoas acham que ele é muito melhor do que realmente é. O fato dele ter jogado no CD mascara muita coisa. Vamos ver no CBLoL.”

O 2º split do CBLoL 2020 começa neste sábado (6). O Flamengo abre o split enfrentando a paiN Gaming, às 13h, ainda sem a dupla coreana na Rota Inferior. As datas de todas as rodadas do torneio, incluindo playoffs e Final, já foram divulgadas pela Riot Games.

Você confere a cobertura completa do CBLoL aqui no Mais Esports

Veja também: fNb comenta chegada de Dynquedo, compara com Aloned e “autoriza” hype para a PRG