- Publicidade -

A INTZ está próxima de fechar o primeiro turno da Fase Regular do 2º split do CBLoL 2020 com 50% de aproveitamento. Os intrépidos venceram três dos seis jogos disputados até agora e mostraram bons e maus momentos nesta segunda etapa.

O Mais Esports entrevistou o atirador da equipe, Micao, que comentou sobre o desempenho da INTZ neste split do CBLoL, que de acordo com ele, a tendência é somente de melhora para os próximos turnos da fase de pontos.

“Acredito que estamos, sim, instáveis, embora eu ache que um pouco disso seja potencializado pelo ‘sensacionalismo’, por exemplo, na Semana 1 fizemos 2-0, mas não foram jogos tão convincentes, mas já que foram duas vitórias o público se animou. Na Semana 2 fizemos 0-2 e já começaram a falar que a INTZ é ruim. Agora com esse 1-1, começam narrativas que eu acho meio precipitadas. Temos instabilidade, mas não tanto quanto possa parecer”, declarou Micao.

Ele afirma ainda que a torcida se “emociona” muito a cada jogo individual, e lembrou que o CBLoL é longo (21 jogos) e o foco é a melhora ao longo do campeonato.

Falando sobre as equipes e sua distribuição na tabela, Micao acredita que a classificação atual do CBLoL reflete bem o rendimento de cada equipe, mas ressalta: “No split passado, a KaBuM começou muito, muito mal e foi campeã, isso que é o legal do CBLoL, essa evolução que os times podem ter, e normalmente, têm.”

Sobre a INTZ se manter como 4ª força do CBLoL, o experiente atirador deseja ser ainda mais do que o último time a entrar nos playoffs. “Somos muito capazes e acredito que estamos no caminho certo, mas há algumas coisas faltando. Não quero entrar em detalhe, mas vem principalmente de mim, de proatividade minha que está faltando.”

Comparando as equipes da INTZ do 1º e 2º split, Micao afirma que o principal problema que levou seu time a disputar a Série de Promoção para manter a vaga na elite, foi a falta de manutenção de uma line-up fixa.

Micao durante o CBLoL pela INTZ (Foto: Riot Games)

“Tivemos muitas mudanças de line e todo o progresso era perdido. Agora que temos sempre os mesmos cinco, a instabilidade é menor e quando ocorre algum problema, fica mais fácil de trabalhar em equipe, juntos, e resolver as coisas aos poucos, mantendo o progresso. Acredito que nesse split a tendência é só melhorar, ao contrário da última etapa, que melhorava e piorava, se tornando algo muito instável.”

A entrevista completa você confere acima, no canal do Mais Esports.

A INTZ se prepara para fechar o primeiro turno com saldo positivo. Micao, em especial, encara antigos companheiros do outro lado, já que Yang e Revolta vestem as cores da KaBuM!, adversária do próximo sábado (27). No domingo, será o segundo confronto contra a Furia, e uma vitória significa emplacar um 2×0 em confronto direto, garantindo assim uma vantagem nos critérios de desempate.

Você confere a cobertura completa do CBLoL aqui no Mais Esports.

Veja também: 21 organizações fazem aplicação para franquias da LCK; Griffin fica de fora