LoL: Mithy deixa a Origen e ingressará comissão técnica da Fnatic de acordo com site

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
November 19, 2019

A Origen deu adeus ao jogador Alfonso “Mithy” Aguirre, suporte e capitão da equipe. O anúncio foi feito nesta terça-feira (19) pela própria organização.

Mithy é um dos jogadores mais respeitados na Europa. Ele está no cenário desde 2012, quando atuou pela primeira vez competitivamente ainda na Giants Gaming. O primeiro bom resultado do jogador foi em 2013, enquanto estava na Lemondog. O time ficou em primeiro lugar na fase regular da LCS EU de verão, mas acabou perdendo na final para a Fnatic. O suporte também jogou na NIP, antes de ir para a Origen, equipe que realmente lhe deu fama.

Com jogadores já veteranos como Xpeke, sOAZ e Amazing, a Origen foi fundada no final 2014 e já conseguiu o acesso rápido para a LCS EU, logo em 2015. Na primeira participação da equipe na elite, conseguiu ficar na segunda colocação do torneio, sendo derrotada pela Fnatic. Eles conseguiram classificação para o Mundial e foi ai que a dupla Mithy e Niels (que depois mudou o nick para Zven) ganhou os olhares da comunidade.

Resultado de imagem para mithy e niels
foto: LoL Esports

Em 2016 os dois jogadores foram contratados pela G2, onde estabeleceram um reinado de quatro títulos consecutivos na Europa, além de um vice-campeonato no MSI 2017, que aconteceu aqui no Brasil. Os dois novamente mudaram de equipe juntos, dessa vez para a TSM, na LCS. Lá não conseguiram bons resultados e foi ai que seus caminhos se separaram. Mithy resolveu deixar o time norte-americano e novamente se juntou a Origen, na volta da equipe para o campeonato europeu.

Eles surpreenderam a todos e conseguiram bons resultados logo no primeiro split. Mithy e companhia chegaram a final da competição contra a G2, mas perderam por 3-0 em uma das séries mais rápidas da história. O time não conseguiu repetir a boa campanha no segundo split, finalizando na oitava colocação. Ao tentar uma vaga para o Mundial na final regional, foi eliminado logo na primeira rodada.

De acordo com apurações da ESPN norte-americana, o futuro de Mithy será na Fnatic, mas não como jogador. Ele deverá entrar para a comissão técnica, para ocupar parte da lacuna deixada pelo treinador Youngbuck, que deixou a organização recentemente.

Nenhuma das partes envolvidas comentou sobre a possível negociação.

Veja também: Ryu deixa a 100 Thieves e está Free Agent