LoL: TSM contrata Huni, que será a sexta equipe do topo na LCS

League of Legends
De:Victor Hugo Porto-
November 30, 2020

A TSM anunciou nessa segunda-feira (30) a contratação do topo Huni. O sul-coreano estava na Evil Geniuses desde julho de 2020 e agora jogará pela TSM, sua sexta equipe no cenário norte-americano.

“Eu vi muitas pessoas próximas preocupadas comigo. Talvez eu não esteja jogando bem, mas acho que posso provar todos haters errados que eu irei jogar bem. Como Huni”, declarou o topo no vídeo de anúncio.

Huni já atuou pela Samsung Galaxy, Fnatic e SKT T1. Com a última, o topo venceu o MSI 2017, seu único título internacional. No entanto, Huni já venceu duas edições regionais da LCS EU, atual LEC, além de ter sido coroado campeão regional da Coreia em 2017.

Porém, Huni ainda não teve sucesso na América do Norte. O jogador estreou na região em 2016, pela Immortals, depois atuou na Echo Fox, Clutch Gaming e, a mais recente, Evil Geniuses, e não venceu nenhum título.

Em 2019, ficou na 4° colocação dos playoffs com a Clutch Gaming e ajudou a equipe a, vencer a Regional Finals e a equipe se classificou ao Mundial. A CG se classificou para a fase de grupos depois de uma Fase de Entrada difícil e perdeu as seis partidas no evento principal.

A TSM está tendo uma janela de transferências agitada. A organização deu boas-vindas ao meio PowerOfEvil e ao suporte SwordArt, que terá o maior salário da história da LCS: Três milhões de dólares anuais. A equipe também se despediu de Doublelift, que se aposentou com 27 anos.