- Publicidade -

A paiN Gaming manteve seus 50% de aproveitamento no 1º split do CBLoL 2020, ao vencer a INTZ no último sábado (7) e perder para a Vivo Keyd, no domingo (8). Com os resultados, a equipe se mantém no meio da tabela, empatada com a FURIA, com cinco vitórias e cinco derrotas.

Em coletiva de imprensa, os treinadores da paiN, Xero e Dionrray, falaram sobre a cobrança da torcida, a evolução da equipe nesta temporada e a campanha de altos e baixos nesta primeira etapa do CBLoL em 2020.

A paiN Gaming teve bons momentos de jogadas em equipe na vitória contra os intrépidos, mas, para Dionrray, não pode ser dito o mesmo na derrota para os Guerreiros, atuais líderes do CBLoL. “Contra a INTZ, apesar da vitória, fomos muito apáticos no early-game, e alguns erros nossos no top-side acabaram custando bastante, por isso eles abriram vantagem. Hoje não conseguimos fazer nada, basicamente só vimos a Keyd jogar. A evolução que a gente comenta, e vemos no dia a dia nos treinos, mas que ontem mostramos em lutas, mais entrosamento e lutas melhores, hoje não mostramos.”

A torcida da paiN é uma das maiores dentro dos Esports e já se foi dito que atuar na paiN é diferenciado por conta disso. Sobre a pressão e cobrança da “melhor torcida do mundo”, Dionrray acredita que a equipe é a mais cobrada dentre todas e atrela isso à expectativa criada com a organização e com o elenco montado.

“A expectativa é muito alta por todos, por nós de dentro, por fora, e a partir do momento que não conseguimos responder às expectativas a cobrança vem e com razão. Não estamos bem, somos um time que fica 1-1 toda semana então a cobrança vem todo final de semana, então os jogadores sentem isso.”

Atualmente na 5ª colocação, a paiN se encontra fora da zona de classificação aos playoffs. Apesar disso, Xero não acredita que chegar ao mata-mata será um problema e afirma que a derrota do último fim de semana ocorreu por falta de confiança ao realizar jogadas. Ainda sobre o tema, Xero foi questionado se ele sente os sul-coreanos, Seonghwan e Key, inseguros jogando no palco do CBLoL.

Xero e Dionrray compõe a comissão técnica da paiN em 2020 (Foto: Riot Games)

“O Seonghwan está sentindo um pouco mais de pressão no palco, o Key menos, ele está se adaptando melhor, se sentindo mais confiante com o passar do tempo, mas o Seonghwan ainda está sentindo um pouco de pressão” afirmou o treinador.

A paiN Gaming segue na busca pelas respostas que trarão não somente vitórias, mas bons desempenhos e a paz com a torcida. No próximo fim de semana, eles terão nova chance contra Redemption e KaBuM. Pela colocação de ambos na tabela, talvez essa seja a maior chance da equipe de brTT e companhia de encontrar, enfim, tranquilidade.

Você confere a cobertura completa do CBLoL aqui no Mais Esports.

Veja também: Djoko e Stardust assumem responsabilidade por 0-2 no CBLoL