Masters Reykjavik: Derke, da Fnatic, celebra estreia com vitória: “Fiz o que preparei”

Valorant
De:Victor Hugo Porto-
May 24, 2021

A Fnatic começou o Masters Reykjavik com vitória sobre a KRU Esports. A equipe europeia derrotou a representante latino-americana por 2-0 sem grandes dificuldades. O finlandês Derke foi quem mais conseguiu abates na série e finalizou o confronto com o KD de +13.

O jogador, que escolheu a Jett nos dois mapas, comentou sobre sua performance na estreia.

“Acho que minha performance foi boa. Fiz o que preparei, o que quis. Boaster me deu muita liberdade para isso. Creio que fiz o meu trabalho”.

Derke também disse que acredita “ser a melhor Jett” do Masters.

Com a vitória sobre a KRU, a Fnatic de Derke enfrentará outra forte Jett no torneio: A de Tenz, da Sentinels. O jogo será nessa terça-feira (25) às 17h.

“Não mostramos muitas estratégias [nessa série contra a KRU]. Já estávamos estudando a Sentinels porque sabíamos que jogaríamos contra eles caso ganhássemos, então creio que teremos o mesmo tempo que eles para nos prepararmos para essa partida”, disse Derke.

Junto de Magnum, Derke só foi contratado pela Fnatic no início de abril. Um mês depois, a equipe já estava classificada para o Masters Reykjavik. O jogador comentou o bom resultado com tão pouco tempo de equipe.

“Fiquei muito animado para ajudar o time a se classificar ao Masters e, quando conseguimos, eu tinha acabado de entrar na Fnatic. Fiquei muito feliz com isso e espero que sejamos o primeiro time a entrar [no torneio] e o último a sair”.

Derke também apontou o argentino Saadhak como um dos jogadores que o impressionou pelo que viu em vídeos.

“Eu não enfrentei jogadores não-europeus em treinos, mas pelo que assisti em VODs e clipes, fiquei impressionado com o Saadhak, Tenz e Munchkin”, finalizou.

Acompanhe a cobertura do Masters Reykjavik no Mais Esports.