Masters Reykjavík: “Quando entramos na nossa zona de conforto, dominamos os adversários”, diz TenZ

Valorant
De:Pedro Mitke-
May 26, 2021

Uma das favoritas para levantar o troféu do Masters Reykjavík, a Sentinels estreou na competição com uma importante vitória sobre a Fnatic. Apesar dos jogos terem sido bem disputados, os norte-americanos levaram a melhor sobre os europeus por 2 a 0 nos mapas Icebox (13-11) e Haven (13-10), avançando para encarar a brasileira Team Vikings na semifinal da chave superior.

Tyson “TenZ”, considerado um dos melhores jogadores do mundo e pilar da Sentinels, afirmou que agora que sua equipe está no ritmo do campeonato, vai ser difícil para a Vikings ou qualquer outro time parar os norte-americanos.

“A nossa partida contra a Fnatic certamente será a que teremos ficado mais nervosos de todo o torneio porque foi nosso primeiro jogo em um campeonato internacional presencial. Agora que estamos no ritmo do evento, posso dizer que somos um time que quando entramos na nossa zona de conforto, dominamos os adversários. Isso acontece muito e se tivermos um bom jogo como esse último nós acabamos com todos do torneio”.

Continue após a publicidade

TenZ também disse que assistiu a partida entre Vikings e X10 Esports e que se surpreendeu com a performance da equipe tailandesa. O canadense acredita que os asiáticos poderiam ter vencido os brasileiros se não tivessem cometido alguns erros.

“Eu me surpreendi bastante com a performance da X10. Eu assisti o jogo deles contra a Vikings, que todos acreditavam que ia vencer com facilidade, e eles mostraram que jogam em um nível muito alto. Se eles não tivessem cometido alguns erros bobos eles poderiam ter vencido a Vikings por 2 a 0, o que seria surpreendente”.

(Foto: Colin Young-Wolff/Riot Games))

Outro tópico comentado por TenZ foi a rivalidade entre a Europa e da América do Norte. Antes do início da competição, o canadense acreditava que os europeus apresentavam um VALORANT acima das outras regiões, mas após apenas dois dias de Masters Reykjavík, sua opinião já não é mais a mesma.

“Antes do início do torneio eu acreditava que a região da Europa era um pouco acima do resto do mundo, mas depois de jogarmos contra a Fnatic e vermos a V1 vencer a Liquid, eu não achei o jogo deles tão impressionante. Essa história de que o EU é melhor do que NA acontece por causa do CS e VALORANT é um jogo novo e diferente. Nossa região tem grandes jogadores que trabalham muito para melhorar e ótimos times”.

TenZ e a Sentinels vão encarar a brasileira Team Vikings nesta quarta-feira (26), às 17:00h. O vencedor do duelo garantirá uma vaga na final da chave dos vencedores e ficará a uma MD3 da decisão do campeonato.

O Masters Reykjavík acontece entre os dias 24 e 30 de maio na Islândia. Além de ser o primeiro torneio presencial internacional de VALORANT, a competição também distribuirá pontos para o VALORANT Champions 2021, o mundial do FPS da Riot, e uma premiação total de 600 mil dólares. 

Você pode acompanhar a cobertura completa do campeonato com tabela, escalações, datas de horários dos jogos clicando aqui.