×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

Opinião: Saadhak é muito mais que um capitão

Valorant

Em qualquer área que envolva competição, a alma de uma equipe profissional é o seu líder. Embora alguns possam se contentar apenas em comandar um time durante as partidas e alcançar resultados, o que realmente distingue um bom capitão de um líder excepcional é o trabalho que ele também faz fora dos servidores. E se tem alguém que cumpre esse papel com maestria no mundo do VALORANT é o Saadhak, que tem provado cada vez mais seu valor na LOUD

Multicampeão com a organização esmeraldina, Saadhak já mostrou várias vezes que seu trabalho como capitão dentro do jogo é muito acima da média. Mas o que tem mais chamado atenção nos últimos meses, seja através de declarações após as partidas ou em vídeos publicados pela própria LOUD, é a cultura e a mentalidade que o capitão tem implementado na equipe. 

Foto de Saddhak, jogador da LOUD
(Foto: Riot Games)

Com 26 anos, Saadhak é de longe o membro mais velho da LOUD. A equipe é formada por jogadores muito jovens – alguns quase uma década mais novos do que o argentino -, e ele tem exercido o papel não só de capitão, mas principalmente de mentor. É difícil ver o quão importante é esse trabalho observando de longe, mas se você parar para pensar, é um processo que exige uma experiência enorme para conseguir moldar os talentos brutos da melhor maneira possível dia após dia. 

E Saadhak tem feito isso com maestria. Só de assistir o time da LOUD, você consegue ver a evolução tremenda de nomes como cauanzin e tuyz, que chegaram na equipe no início de 2023. Embora o argentino não seja o único responsável pelo crescimento da dupla, é inegável que ele desempenha um papel central para que eles compreendam não apenas o sistema de jogo da LOUD, mas também como se comportar em situações específicas e desenvolver seu potencial ao máximo.

Outro exemplo da liderança de Saadhak é seu trabalho com Less. O jovem jogador da LOUD expressou seu desejo de, um dia, assumir o papel de capitão, e o argentino tem sido fundamental em ajudá-lo a desenvolver essas habilidades. Saadhak afirmou que um de seus papéis como líder é formar outros líderes, e ele tem buscado moldar Less para essa função. O resultado tem sido promissor, já que o jovem assumiu as calls durante a final do VCT Americas 2023, onde a LOUD venceu por 3 a 0.

Foto de Saadhak, jogador da LOUD
(Foto: Riot Games)

E eu ainda nem comentei sobre como sua liderança foi importante para fazer a nova LOUD funcionar. Perder Sacy, que dividia as funções de capitão com ele, e pANcada – dois jogadores experientes e que já estavam no auge -, para adicionar dois jovens que ainda precisavam se provar, colocou Saadhak em uma situação delicada. E fazer o time funcionar como tem funcionado, não é fácil e merece todo o reconhecimento. 

Saadhak foi peça central em conseguir moldar o novo time da LOUD. Além de fazer a roda girar de forma extremamente rápida, ele também blindou os jovens em suas declarações pós-jogo, deixando claro que esse era um novo time e que a escalação precisava de tempo. Como um verdadeiro líder, o argentino sempre foi aquele que mostrava a cara nas situações adversas e quem estava presente para responder os questionamentos da torcida e dos jornalistas nas coletivas.

O que estou tentando mostrar é que Saadhak vai muito além do que ele precisaria fazer no papel como capitão da LOUD. Na teoria, o argentino só tem como objetivo fazer o time funcionar, mas o que um verdadeiro líder como ele tem apresentado é algo muito maior. Buscar o potencial de cada um de seus companheiros, moldar um atleta baseado em suas qualidades e mostrar resultados tão rápidos, tudo ao mesmo tempo, não é algo fácil e o trabalho do argentino precisa ser exaltado. 

Foto de Saadhak, jogador da LOUD que disputará o Masters Tokyo
(Foto: Riot Games)

Não estou dizendo que outros capitães não fazem o que Saadhak faz. Todos estão sempre buscando fazer com que seus respectivos times evoluam e que seus comandados atinjam o potencial desejado, mas são poucos que conseguem fazer isso com a maestria que o argentino faz. 

Continue mostrando que você é muito mais do que só um capitão Saadhak, siga desenvolvendo nossos talentos, empilhando troféus e dando alegria para a torcida. O argentino mais brasileiro de todos é também o maior líder de todos. 

Pedro Mitke

por Pedro Mitke

Publicado em 30 de maio de 2023 • Editado há 1 ano

Matérias Relacionadas
Valorant
VCT Americas 2024: Leviatán garante vaga na grande final
Valorant

VCT Americas 2024: Leviatán garante vaga na grande final

A Leviatán garantiu a vaga na grande final do VCT Americas 2024 na noite deste sábado (20). A equipe está no Champions 2024.

Há 12 horas
Valorant
VCT EMEA 2024: FNATIC vence torneio sem perder nenhuma partida
Valorant

VCT EMEA 2024: FNATIC vence torneio sem perder nenhuma partida

A FNATIC é a grande campeã do VCT EMEA! A equipe europeia venceu a Team Vitality por 3 a 1 e conquistou o título da região.

Há 18 horas
Valorant
Champions 2024: Jogadores que podem ser bicampeões do mundial de VALORANT
Valorant

Champions 2024: Jogadores que podem ser bicampeões do mundial de VALORANT

O Champions 2024 acontecerá em agosto e alguns jogadores terão a chance de conquistar o título de bicampeão mundial.

Há 20 horas
Valorant
Champions 2024: Todos os classificados para o mundial de VALORANT
Valorant

Champions 2024: Todos os classificados para o mundial de VALORANT

As equipes do VALORANT Champions 2024 já estão definidas. O mundial de VALORANT acontecerá na Coreia do Sul, em Seoul.

Há 20 horas
Valorant
VCT Americas 2024: G2 vence 100 Thieves e se classifica para o mundial de VALORANT
Valorant

VCT Americas 2024: G2 vence 100 Thieves e se classifica para o mundial de VALORANT

A G2 Esports venceu a 100 Thieves por 2 a 0 nesta quinta-feira (17) no VCT Americas 2024 e conseguiu se classificar para o Champions 2024.

Há 3 dias
Valorant
VCT Americas 2024: “Queria trazer a vitória para ele”, diz aspas após classificar equipe de Sacy para o Champions
Valorant

VCT Americas 2024: “Queria trazer a vitória para ele”, diz aspas após classificar equipe de Sacy para o Champions

Após classificar a Sentinels para o Champions 2024, aspas afirmou que queria vencer para ver Sacy ao lado dele no mundial de VALORANT.

Há 3 dias

















































Campeonatos Atuais