Pavelzinho é acusado de pedofilia em fórum online

Geral
De:Bruno Martins-
September 26, 2019

O ex-jogador da New England Whalers Felipe “Pavelzinho” Costa foi acusado de ter se implicado em um caso de pedofilia. Pavelzinho, de 20 anos, teria se envolvido com um adolescente de 14 anos e pedido fotos com conteúdo sexual explícito.

A denúncia foi feita por Nick “enN” P em uma postagem no fórum da ESEA. Na publicação, enN detalha suas conversas e afirma que Pavelzinho o pressionou a enviá-lo fotos nu.

No print abaixo, pode-se notar detalhes da conversa entre Pavelzinho e enN. A terminologia ‘Bfk’ dita pelo jogador brasileiro significa a faca Butterfly. Segundo a publicação, a skin foi uma forma de Pavelzinho “pagar” pelas fotos do adolescente.

Continue após a publicidade
Conversa entre os envolvidos. Foto: Repodrução/enN

Na publicação no fórum da ESEA, foi dito: “Ele me disse que me enviaria uma faca Butterfly e hoje me enviou uma Crimson Web. Depois disso, eu decidi que ele era realmente assustador e isso não é uma piada”, falou.

Print de uma transação de skin. Foto: Reprodução/enN

Após a repercussão, Pavelzinho se manifestou através de seu Twitter. Segundo o jogador, os prints são reais, mas afirma que enN seria uma amigo que ele conheceu no game e que as conversas com conteúdo sexual eram apenas brincadeiras. O pro-player ainda falou que nunca pediu ou enviou nenhuma foto.

Sobre a transação de skin no mercado da Steam, Pavelzinho disse que foi um presente de aniversário dele para enN. A história contada por enN, segundo o jogador brasileiro, é de que teria perdido em uma aposta.

Ainda segundo o jogador em seu pronunciamento, enN o pediu desculpas por meio de mensagem privada. Pavelzinho também afirmou que vai à polícia para que as autoridades resolvam a questão.

Procurado pelo Mais Esports, o CEO da New England Whalers Diego Freitas não se manifestou a respeito da postagem no fórum da ESEA: “Nenhum comentário sobre o post na ESEA, pois não tínhamos conhecimento de nenhuma conversa particular que algum de nossos jogadores tenha se envolvido”, falou.

Segundo Freitas, o jogador já está no Brasil e foi liberado pela equipe devido a outros fatores que não a acusação.