- Publicidade -

Os fãs do Rainbow Six nacional já tem motivo para comemorar: a volta do Brasileirão de Rainbow Six. A Ubisoft anunciou na tarde desta quinta-feira (25) que a principal competição do país terá início no dia 2 de julho.

A edição 2020 da competição será disputada pelas seguintes equipes: Liquid, Faze Clan, Ninjas in Pyjamas, MIBR, Black Dragons, INTZ, Team One, FURIA, Santos e W7M. São 10 equioes, duas a mais do que na última temporada.

“O Brasileirão de 2020 é o maior até hoje em número de participantes e valor de premiação. Nossa expectativa é de que seja uma edição inesquecível e que marque um novo ciclo ainda mais promissor e glorioso para a modalidade”, disse Marcio Canosa, Diretor de Esports da Ubisoft na América Latina.

brasileirão
Brasileirão de Rainbow Six irá ter início no dia 2 de julho. Foto: Divulgação

O Brasileirão estava marcado para ser disputado na Max Arena, em São Paulo. Devido à pandemia da COVID-19, o primeiro turno será disputado online. Apenas a equipe técnica da organização estará presente no local. “As medidas de segurança foram tomadas com o intuito de garantir a saúde e o bem-estar de todos os envolvidos no projeto”, diz o comunicado.

O Primeito turno do Brasileirão de Rainbow Six será disputado entre julho e agosto. A etapa final será realizada nos meses de setembro e outubro. Diferente da última temporada, nas quais os jogos eram disputados no domingo, as partidas serão realizadas às quintas, sábados e domingos, às 13h.

Os confrontos entre as equipes serão em formado MD2 e o formato de pontos será o mesmo da temporada 2019: vitórias por 2-0, a equipe ganha três pontos; vitórias por 1-0, dois pontos; empates por 1-1 ou 0-0, um ponto. Derrotas não valem nenhum ponto.

Os jogos já estão todos marcados e o primeiro dia de torneio terão jogos de Team One x W7M, FURIA x INTZ e Santos x Black Dragons.

brasileirão
Calendário completo do Brasileirão de Rainbow Six. Foto: Divulgação

A competição contará com um aumento na premiação total e também no número de participantes. Serão R$ 500 mil divididos em 10 equipes – na última edição, em 2019, eram R$ 350 mil para oito equipes.

Veja também: R6: Três equipes brasileiras estão no top 10 mundial