R6: Liquid segue líder isolada do BR6

Rainbow Six
De:Bruno Martins-
July 20, 2020

Com o término da terceira semana do Brasileirão de Rainbow Six (BR6) no último domingo (19), a Liquid, venceu seus dois jogos, e disparou na liderança da competição com 15 pontos, mas com um jogo a mais.

brasileirão
Equipe da Liquid chama a torcida para jogar junto no confronto contra a FaZe na final do BR6e. Foto: Saymon Sampaio

A Liquid venceu seus dois jogos na semana. O primeiro foi contra a FURIA na última quinta-feira (16) no qual a Cavalaria venceu por 2-0. No mesmo dia, ainda, a INTZ venceu a MIBR por 1-0 e a Team One derrotou o Santos por 2-0.

No sábado, nenhuma vitória por 2-0 aconteceu e o dia foi recheado de empates: a FaZe empatou com Ninjas in Pyjamas e a W7M também ficou com o placar igual no jogo contra o Santos. A única vitória do sábado foi a MIBR que bateu a Black Dragons por apenas 1-0.

Já no último domingo (19), a Liquid confirmou a liderança isolada do BR6 após bater a MIBR por 2-0. Havia dúvidas sobre a partipação da equipe nessa rodada, já que foi divulgada a notícia de que a mãe de Paluh havia falecido. Apesar do triste fato, Paluh, mesmo com sua dor, foi ao jogo e foi o MVP da partida. O fato foi elogiado por todos da comunidade, devido ao seu profissionalismo.

Ainda no domingo, a Team One bateu a INTZ por 1-0, o que deixou a Liquid ainda mais destacada na primeira colocação. E a Ninjas in Pyjamas, novamente, empatou (seu quinto na competição) com a FURIA.

O Brasileirão de Rainbow Six (BR6) continua nesta quinta-feira (23) com mais três jogos. Na quinta, o Santos encara a FaZe, a Team One pega a Black Dragons e, para fechar o dia, a INTZ enfretará a W7M.

No sábado (25), terão o jogo entre FURIA e MIBR, Ninjas in Pyjamas e Santos e Liquid e Team One. Para fechar a semana, o Santos volta a jogar contra a FURIA, a Black Dragons disputa três pontos com a W7M e a FaZe encara a INTZ.

parque tematico
Psycho, capitão da NiP, durante o Six Major Raleigh. Foto: Rainbow Six Esports

Veja também: R6: Guille sobre o formato do BR6: “Um sistema muito troll”