- Publicidade -

Resultados já esperados, zebras e confrontos muito disputados. É assim que podemos resumir o dia 1 da ESL One Cologne, o segundo major de CS:GO da temporada que está sendo disputado na LANXESS Arena em Colônia, Alemanha. O evento que teve início nesta terça-feira (5) e acontece até domingo (10) reúne as 16 melhores equipes de CS:GO do mundo e premiará para o campeão 500 mil dólares.

O primeiro dia da competição trouxe oito confrontos que o Mais e-Sports acompanhou e resumiu para você que não pode acompanhar todas as partidas. Confira abaixo tudo que aconteceu no primeiro dia da ESL One Cologne:

1º jogo – Astralis 16 X 12 Dignitas

No jogo de abertura do dia 1 da ESL One Cologne, o mapa disputado foi a Overpass, com a Dignitas começando do lado CT. Em uma primeira metade do mapa muito disputada, a Dignitas chegou a estar perdendo de 7-3, mas conseguiu encostar no placar e ir para a segunda metade do mapa perdendo por 8-7. No entanto, com a troca de lados, a Astralis conseguiu impor seu ritmo e contando com uma grande atuação de Nicolai “device” Reedtz, venceu a partida por 16-12.

2º jogo – CLG 13 X 16 Gambit

Desta vez, com o mapa a ser jogado sendo a Dust2, a Gambit mostrou que ter um conjunto pode superar a boa atuação de um só jogador. Isso porque o James “hazed” Cobb da CLG foi o grande destaque individual da partida, tendo matado 30 jogadores e morrendo 19 vezes. Porém, com um bom trabalho em equipe, os russos da Gambit conseguiram superar os americanos e fecharam a partida em 16-13.

3º jogo – Natus Vincere 16 x 7 FlipSid3

Este foi o primeiro confronto do dia 1 da ESL One Cologne em que não tivemos uma partida acirrada. Na Train, a Natus Vincere se mostrou superior desde os primeiros rounds e sem grandes problemas superou a FlipSid3 por 16-7. O destaque da partida foi o trabalho da NaVi no lado CT do mapa, que não deu chances para markeloff e companhia, ganhando 13 dos 15 rounds disputados.

4º jogo – Ninjas in Pyjamas 16 x 4 OpTic

Neste confronto, também disputado na Dust2, pudemos assistir um atropelo da NiP para cima da OpTic. Com Jacob “pyth” Mourujarvi e Patrik “f0rest” Lindberg inspirados, matando 23 e 22 inimigos respectivamente, o time sueco conseguiu abrir grande vantagem jogando pelo lado terrorista (11-4) e não perdeu nenhum round do lado CT, consolidando uma vitória tranquila por 16-4.

5º jogo – Team Liquid 16 x 7 EnVyUs

Em um confronto em que muita gente apontava que seria um dos mais equilibrados do dia, pudemos ver uma Team Liquid muito superior à EnVyUs na Train. Contando com grandes atuações de Jonathan “EliGE” Jablonowski e Josh “jdm64” Marzano e com a mira do restante da equipe em dia, o time americano treinado pelo brasileiro Peacemaker surpreendeu muita gente e venceu a partida por 16-7.

6º jogo – Virtus.pro 16 x 10 mousesports

Com mais uma disputa na Train, a mousesports começou com tudo o jogo, vencendo sete rounds seguidos, abrindo 7-0 de vantagem. Para quem esperava um atropelo depois desse início arrasador, se enganou. A experiência de Wiktor “TaZ” Wojtas e companhia fez com que os russos mantivessem a cabeça no lugar e conseguissem virar a partida e fechassem a primeira metade do mapa com 8-7 no placar. Já no segundo half, a Virtus.pro não deu espaços para que a mousesports gostasse da partida e com facilidade fechou o confronto em 16-10.

7º jogo – SK Gaming 16 x 11 G2

Todos os detalhes dessa partida que marcou a revanche dos brasileiros sobre os franceses da G2 podem ser vistos aqui no Mais e-Sports.

8º jogo – fnatic 14 x 16 FaZe Clan

Este foi com certeza a partida mais equilibrada do dia 1 da ESL One Cologne. E também pode ser considerada uma zebra, já que a grande maioria esperava por uma vitória da fnatic. No entanto, a FaZe contava com Philip “aizy” Aistrup em um dia inspiradíssimo. Com grandes jogadas, o dinamarquês comandou as ações da partida e levou a sua equipe à vitória, obrigando que os suecos da fnatic joguem amanhã pela sobrevivência no torneio contra a G2.

Confira os jogos e horários do segundo dia da ESL One Cologne na página de coberturas do Mais e-Sports.

Matéria com colaboração de Marcus Dias.