Six Invitational: Cyber comenta que FaZe não precisava do terceiro mapa para vencer TSM

Rainbow Six
De:Bruno Martins-
May 19, 2021

A upper bracket dos playoffs do Six Invitational parece um mini BR6. Das quatro equipes restante, três são brasileiras e a única que não é do Brasil tem um integrante tupiniquim. A FaZe foi a última a garantir a permanência na chave superior. Após a vitória contra a TSM, Cyber conversou com o Mais Esports a respeito do jogo; confira.

Apenas quatro jogadores estiveram presentes em todas as edições do Six Invitational. Dois desse atletas jogam na FaZe: cameram4n e Astro. Para Cyber, a experiências de seus companheiros de equipe ajuda a equipe no caminho até o título.

“Querendo ou não eles [cameram4n e Astro] tem experiência muito grande no cenário de Rainbow Six. Esses Six Invitationals que não venceram ficou como ensinamento para chegar mais longe nos próximos campeonatos”, contou Cyber.

six invitational
FaZe comemora vitória no Six Invitational contra a TSM. Foto: Ubisoft/Kirill Bashkirov

Cyber também comentou o jogo da FaZe em si. Contra a TSM, a equipe brasileira iniciou muito bem com uma vitória tranquila no Litoral. A partir do segundo mapa, Chalé, a TSM cresceu e complicou os planos de Astro e companhia.

“O primeiro mapa foi muito tranquilo porque sabíamos o que a TSM iria fazer e apenas fizemos nosso jogo padrão. No Chalé a gente acabou fugindo do padrão e custou muitos rounds e acabou até no terceiro mapa. Sabíamos que não precisávamos do terceiro mapa, tínhamos condições de vencer em apenas dois”, revelou.

Essa melhora da TSM, coincidentemente ou não, veio depois de um trash talk no início do jogo no Chalé. Cyber não quis entrar em polêmicas nessa questão. Para o jogador da FaZe, há jogadores que se motivam e outros “Já levei trash talk e para mim não muda nada, é só um cara falando sozinho. Depende de cada pessoa: tem gente que se motiva e gente que não”.

No Café Dostoiévski, terceiro mapa, a FaZe vinha com muitos rounds na desvantagem numérica. No entanto, ao invés de preocupar a equipe, Cyber conta que isso não afetou as decisões da FaZe para levar o mapa. “A gente levou na tranquilidade no Café. Estávamos empolgados e calmos. As kills que tomamos no começo são coisas normais que acontecem”.

Por fim, Cyber comentou o próximo confronto na upper bracket. Em uma reedição de um jogo do BR6, sua equipe irá enfrentar a Ninjas in Pyjamas que passou de fase após vencer a BDS também em uma partida complicada para os brasileiros.

Para essa rodada, Cyber projetou um confronto complicado para a FaZe, mas garantiu que será uma grande partida. “Contra a NiP vai ser um jogão porque querendo ou não são dois times querendo passar de fase”, concluiu.

six invitational
NiP vai em busca do troféu do Six Invitational. Foto: Ubisoft/Kirill Bashkirov

Veja também: Six Invitational: Muzi diz que objetivo da NiP é “chegar na final pela Winners”