Six Invitational: pino fala em redenção após título: “Grito de campeão estava preso”

Rainbow Six
De:Bruno Martins-
May 23, 2021

Surreal. Assim que pino, jogador da Ninjas in Pyjamas, relatou o sentimento de ser campeão do Six Invitational. Ao Mais Esports, o atleta revelou a sensação de se tornar campeão mundial, estratégias e falou em redenção após vice em 2020.

O atleta levantou a Marrenta junto com seus companheiros de equipe após derrotar a Liquid na grande final do Six Invitational. Sem dúvidas, a mistura de sentimento é enorme e só quem passa por essa situação ímpar tem o poder de senti-la em sua totalidade.

six invitational
pino revela redenção em conquistar o Six Invitational. Foto: Ubisoft/Kirill Bashkirov
Continue após a publicidade

Mas pino tentou passar para os torcedores seu sentimento após a última eliminação, apesar de citar como uma coisa “indescritível”. Para o jogador, ser campeão é “surreal”. “Foi surreal [ser campeão]. Quando acabou o jogo começou a cair os papéis picados depois levantamos o Martelo e foi surreal. Eu não acreditei, é indescritível a sensação de ser campeão”, disse ao Mais Esports.

Agora, os Ninjas já são conhecidos frequentadores de finais de Six Invitational. Na edição de 2020, os brasileiros também foram à decisão, mas foram derrotados pela equipe da Spacestation.

Na ocasião, foi a Ninjas in Pyjamas que chegou na final pela lower bracket e, com isso, foi decidir o título na desvantagem. Os Ninjas, apesar de começar com um mapa atrás, foi atrás e quase trouxe o título. No entanto, a Spacestation virou o placar e ficou com o título.

Para pino, esse título é uma redenção de um grito que estava entalado na garganta dos jogadores. “Acredito que foi uma redenção. Aprendemos muito com os erros da última final do Six Invitational. Foi uma redenção. O sentimento de poder gritar que somos campeões que ano passado ficou preso na garganta. Viemos com muita garra esse ano e deu tudo certo”, revelou.

six invitational
Ninjas in Pyjamas é a primeira equipe brasileira a vencer o Six Invitational. Foto: Ubisoft/Kirill Bashkirov

Veja também: Masters Reykjavik: Vanity, da Version1, elogia a Vikings: “Melhor time que treinamos contra”