Logo MaisEsports
HomeAssistaRecallAnuncie
Logo MaisEsports

VALORANT: Após polêmica com vacina, Onur não recebe novas propostas

Victor Hugo Porto
publicado em 8 de janeiro de 2022
Valorant

Depois de uma semana da polêmica da vacina, o treinador Onur revelou que ainda não recebeu novas propostas de equipes. O argentino estava acertado com a LOUD, mas a organização rompeu com Onur depois dele afirmar que ainda não se vacinou e reclamou do passaporte de vacina.

No Twitter, o treinador falou sobre a falta de propostas: “Sou um treinador que, com muitos menos recursos do que o resto, conseguiu junto da sua equipe ficar entre os 4 melhores times do mundo. Agora fui “cancelado” somente por me opor à obrigatoriedade da vacina. Até hoje, não tenho propostas de emprego”.

“Viajei para o Brasil com um PCR negativo. Não era perigo para ninguém. Nem para mim, nem para os outros. Ninguém pode ser obrigado sob coerção física ou moral a receber tratamento médico e deve ser informado sobre os riscos do procedimento. Isso é consentimento informado”, continuou Onur.

O argentino de 34 anos ia treinar o quinteto liderado por Sacy na LOUD, mas por conta das declarações de Onur acerca da obrigatoriedade da vacina, a organização voltou atrás e desistiu da contratação. Agora, o treinador está sem equipes para a próxima temporada competitiva. Na época, Onur disse que estava disposto a perder um trabalho para manter seu pensamento.

Com o assunto da vacinação em pauta, a Riot Games revelou que irá exigir comprovação de vacinação dos integrantes das equipes para disputa dos torneios presenciais de VALORANT, Wild Rift e League of Legends.

Onur comanda a KRU na semifinal do VALORANT Champions 2021 (Foto: Michal Konkol/Riot Games)

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!

Logo MaisEsports© Todos os direitos reservados à maisesports