- Publicidade -

A semana foi marcada pelo lançamento mundial de Valorant, o mais novo jogo no estilo FPS que está sendo desenvolvido pela Riot Games. E, como era de se esperar, ele tem atraído e chamado a atenção de jogadores das mais diversas modalidades.

O astro do Free Fire e manager da RED Canids Kalunga, JokerPOA, é mais um que está jogando e se divertindo com o game. Em entrevista com o Mais Esports, Jokerpoa comentou sobre como está sendo sua experiência jogado Valorant. Confira logo abaixo.

Do Free Fire ao Valorant

“Estou gostando bastante do Valorant, ele tem um estilo de FPS que não estou acostumado a jogar”, explicou o jogador. “O game chegou com uma mecânica, um design e uma jogabilidade completamente diferentes, que acabam prendendo muito a atenção até de pessoas que não estão acostumadas com esse tipo de jogo. Isso faz com que, no meu ponto de vista, o Valorant esteja sensacional”, cravou Jokerpoa.

O manager da RED Canids Kalunga também falou sobre os pontos que ele mais gostou no jogo. “Um dos fatores mais certeiros foi adicionar uma mecânica a mais ao jogo. As habilidades dos personagens acabam destacando os jogadores dentro de partida. No CS:GO, por exemplo, tem o strafe, a passagem de pixel, etc. Já o Valorant abre um leque de jogadas muito maior, pois as habilidades podem te colocar em algum pixel que o outro jogador não espera, ou sair de algum que já esteja marcado. Essa mecânica torna o jogo muito mais dinâmico”.

valorant lançamento
Imagem de Valorant (Imagem: Riot Games)

Jokerpoa também comentou sobre a possibilidade de comparar o Valorant ao Free Fire, jogo em que atua profissionalmente. “Eu sinceramente não acho que seja possível fazer essa comparação, pois um jogo mobile e um de computador acabam sendo muito diferentes. O Free Fire possui mecânicas absurdas, mas você joga com dois dedos. Já o Valorant também exige muita mecânica, porém o jogador tem o auxílio de suas duas mãos, um mouse e um teclado, que acabam ajudando muito mais para que aproveite todos os recursos que estão disponíveis”.

Quanto ao cenário competitivo que está formando, Jokerpoa disse o que espera para o futuro do novo esport. “Eu acho que o Valorant possui todas as ferramentas possíveis para chegar com força no competitivo. Mas para isso, o jogo precisará de duas coisas: o apoio da comunidade, que pelo que estamos vendo não será problema, visto que já atingiu um público muito alto em pouquíssimos dias; e do suporte da própria Riot, investindo nesse novo esport, em campeonatos, etc. Tenho total certeza de que essas duas coisas irão acontecer e não demorará muito. O Valorant vai chegar muito forte e eu acho que ele atropelará o competitivo de vários outros jogos FPS que tem por aí”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hoje e dia de @redcanidsff na C.O.P.A FF. Tamo junto meus queridos!!! Quem puder compartilhar pra dar aquela força e tois!!!

Uma publicação compartilhada por Joker (@jokerpoa) em

Para os jogadores de Free Fire que tem interesse em jogar Valorant, Jokerpoa deu algumas dicas para os iniciantes. “No início, o pessoal do Free Fire que tentar jogar vai ter um pouco de dificuldade principalmente pelo jogo ter uma mira solta. A maioria dos jogadores do Battle Royale usam a mira padrão, que puxa para o adversário e o Valorant não oferece esse recurso. Esse será o primeiro desafio que encontrarão. A dica que eu dou é: usem bastante o mapa de treinamento do jogo para entenderem a mecânica dos personagens, como clicar, definir a sensibilidade ideal, etc.”

Veja também: Valorant encerrará fase Beta no Brasil na próxima semana