VALORANT Masters: “Será um jogo muito duro”, diz Jamppi sobre confronto com a Vikings

Valorant
De:Pedro Mitke-
May 27, 2021

O adversário da Team Vikings na chave inferior do Masters Reykjavík está definido. Após mais um dia de jogos, a Team Liquid avançou na competição e agora vai encarar o time brasileiro valendo a vida no primeiro torneio internacional de VALORANT.

Antes do início do evento, muitos jogadores da Liquid elogiaram a Vikings e colocaram os brasileiros como um dos favoritos para vencer o Masters Reykjavík, entre eles ScreaM em entrevista ao Mais Esports. Sabendo da dificuldade do jogo, o finlandês Elias “Jamppi” comentou sobre o duelo e afirmou que o confronto será um “jogo muito duro”.

“Eles são um time muito bom, nós tivemos a oportunidade de praticar contra eles algumas vezes. Precisamos fazer uma boa preparação para o duelo, eles são muito bons individualmente. Temos que estar focados e com um clima bom antes do início também. Com certeza será uma grande partida e um jogo muito duro”.

Continue após a publicidade

“Eles são o melhor time brasileiro e tem jogado muito bem nesse torneio. Mesmo assim eu ainda acho que temos uma boa chance de vencer, só precisamos nos preparar e estar focados. Caso isso não aconteça será muito difícil para nós porque eles são muito bons”.

+ VALORANT Masters: Com o pai entubado, deNaro diz que “cabeça não estava no lugar”
+ VALORANT Masters: Treinador da Vikings visa jogo mais solto após derrota
+ VALORANT Masters: light comenta eliminação da Sharks “Não conseguimos nos adaptar”

Para poder ter a oportunidade de encarar a Vikings, a Liquid teve antes que enfrentar a KRU Esports, representante da região LATAM. Os europeus venceram os latinos por 2 a 0 e elogiaram a equipe composta por jogadores chilenos e argentinos.

“Nós esperávamos uma partida difícil. A KRU foi o time que mais treinamos contra antes do início do torneio e por conta disso nos conhecíamos bem dentro do servidor. Acredito que a nossa performance individual foi o diferencial para vencermos o jogo e ainda acho que eles são um ótimo time. Pode ter parecido para quem estava assistindo que foi fácil, mas foi muito complicado para nós mentalmente falando, principalmente no segundo mapa”.

Considerado um dos melhores times do mundo na Ascent, a Liquid vem tendo dificuldades de replicar o bom desempenho que apresentou no mapa durante o Challengers EMEA. No Masters Reykjavík, a equipe europeia jogou o cenário duas vezes, tendo sido derrotada pela V1 e e vencido o confronto muito próximo contra a KRU.

Apesar do desempenho abaixo do comum, Jamppi acredita que a Ascent ainda é o melhor mapa da Liquid. Para o finlandês, o time está cometendo muitos erros bobos e enfrentar bons jogadores de Astra está complicando as coisas.

“Mesmo com esses resultados eu ainda acredito que Ascent seja o nosso melhor mapa. Acho que antes do torneio nós não tínhamos jogado contra Astras tão boas como o Vanity da V1 por exemplo e acho que essa é uma das razões de não estarmos indo tão bem como fomos contra os times europeus. Além disso outro problema é que estamos cometendo muitos erros e estamos dando muito espaço para os daversários. O estilo de jogo da KRU também não nos ajudou muito e acabou sendo problemático”.

O duelo entre Liquid e Vikings será realizado nesta sexta-feira (28), ás 14:30h. O vencedor avança na competição e o perdedor está eliminado do Masters Reykjavík.

Equipe da Liquid (Foto: Colin Young-Wolff/Riot Games)

O Masters Reykjavík acontece entre os dias 24 e 30 de maio na Islândia. Além de ser o primeiro torneio presencial internacional de VALORANT, a competição também distribuirá pontos para o VALORANT Champions 2021, o mundial do FPS da Riot, e uma premiação total de 600 mil dólares. 

Você pode acompanhar a cobertura completa do campeonato com tabela, escalações, datas de horários dos jogos clicando aqui.