VALORANT: Riot anuncia Game Changers com objetivo de dar mais visibilidade às mulheres

Valorant
De:Victor Hugo Porto-
February 23, 2021

A Riot Games revelou o Game Changers nesta terça-feira (23) que será uma série de competições para dar visibilidade ao cenário feminino de VALORANT. No Brasil, serão distribuídos R$ 460 mil em premiações durante 2021.

“Essa é uma iniciativa feita para proporcionar experiências e dar destaque às mulheres da comunidade competitiva”, declarou Anna Donlon, produtora executiva de VALORANT.

O VCT Game Changers Series será um conjunto de torneios realizados em diversas regiões ao redor do mundo. A primeira edição será no fim de março na América do Norte.

Outra novidade também foi o Game Changers Academy que serão torneios mensais para dar mais oportunidades para as pessoas competirem em uma categoria de base e semiprofissional.

Game Changers no Brasil

A Riot Games Brasil também deu mais novidades para o Game Changers no país. Serão duas edições do VCT Game Changers Series em 2021. Cada uma contará com quatro qualificatórias abertas, com início em março. As datas ainda serão reveladas.

Além disso, a Riot apoiará 10 campeonatos independentes voltados exclusivamente a equipes femininas que tenham seus projetos aprovados pela Riot. Serão 20 competições dedicadas às mulheres em 2021 no Brasil.

A Riot apoiará com R$ 10 mil de incentivos mensais às competições independentes, além de R$ 20 mil para cada qualificatória aberta e R$ 100 mil para cada evento principal do Game Changers Series. Assim, totaliza R$ 460 mil em premiações no ano de 2021.

A GamersClub será a responsável por realizar as Qualificatórias Abertas do Game Changers Series. Já os eventos principais serão organizados pela Riot Games. Os torneios terão cobertura da Riot e, cada vez mais, espaço na produção de conteúdo e na transmissão “para que possam surgir grandes promessas do competitivo profissional”.

Algumas organizações brasileiras já investiram no cenário feminino. É o caso da Team Vikings, Gamelanders e Havan Liberty. A Riot também disse estar conversando com algumas organizações profissionais de VALORANT para expandir o projeto e criar novas experiências para as participantes.