- Publicidade -

Kongdoo Monster, time que herdou a vaga da Najin e-mFIre conquistou a vaga para a LCK em 2017.

O coach do time Lee “Zefa” Jae-Min atuava como ADC na antiga Najin, o jogador jogou durante muito tempo na elite do League of Legends coreano

Zefa continuou na staff da equipe como Coach e ao mesmo tempo, ele vem lutando contra o câncer. Ele teve 6 meses de tratamento e de cirurgias que acabou em fevereiro deste ano.

Alguns dias antes da série promocional que iria definir se a Kongdoo Monster voltaria para a elite coreana, Zefa teve a notícia que o seu câncer havia retornado.

Em uma entrevista, Zefa contou que com sua ausência, o Coach Chae (Woo-Chul) precisou basicamente trabalhar duas vezes mais.

No dia da partida, o coreano conseguiu alta do hospital para ir na partida e ver a vitória da Kongdoo Monster contra a Ever. Hoje, Zefa está bem mais saudável e continua em sua luta contra o câncer.

Ele contou que está muito feliz com o time e completou: “Eu senti uma onda de energia que não existia antes. Todos jogaram bem, todos trabalharam realmente duro. Eu espero que tenhamos sucesso no próximo split para refletir todo esse trabalho que foi feito.”