- Publicidade -

Call of Duty: Warzone já teve mais de 50 mil jogadores banidos por uso de trapaças desde o seu lançamento. Wallhacks e aimbots estão entre os hacks usados no jogo da Activision, que afirma estar sempre de olho em possíveis cheats.

Call of Duty: Warzone baniu 50 mil trapaceiros desde o seu lançamento. Foto: Divulgação

A desenvolvedora foi enfática em um publicação em seu blog: “Trapaceiros não são bem-vindos no Call of Duty: Warzone”. A Activision afirmou que estão trabalhando 24 horas por dia e 7 dias por semana para investigar possíveis infrações no jogo.

No comunicado, a empresa afirmar estar empenhada para melhorar o sistema de jogo e banir possíveis trapaças. Segundo a Activision, “todos os relatórios recebidos no jogo e são analisados ​​e filtrados com base nos dados principais”. E conclui: “Quando as investigações estiverem concluídas, continuaremos a trabalhar o mais rápido possível para banir os trapaceiros”.

Veja também: Call of Duty: O “camper supremo” foi morto três vezes seguidas no mesmo lugar