×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

CS:GO: Relembre os campeonatos internacionais realizados no Brasil

CS:GO

O Brasil vai IEM Major Rio 2022, o primeiro Major a ser realizado em solo brasileiro. No entanto, o país não é estranho a grandes campeonatos de CS:GO e já teve a oportunidade de sediar alguns dos principais eventos do FPS da Valve. Por aqui já passaram competições como a ESL One e Pro League, por exemplo, entre outros.

O Mais Esports preparou uma lista de campeonatos de CS:GO que foram realizados em território brasileiro; confira abaixo. É válido destacar que estamos considerando apenas campeonatos de CS:GO, e não do CS 1.6.

ESL Pro League Season 4, o primeiro dos campeonatos de CS:GO

A ESL Pro League Season 4 foi realizada na cidade de São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera, em outubro de 2016. Na ocasião, SK Gaming e Immortals foram as brasileiras presentes na competição.

De todos os campeonatos de CS:GO realizados no Brasil, esse foi o melhor quando avaliamos os resultados de um time brasileiro. A SK Gaming, de FalleN, chegou na decisão da competição, mas foi derrotada pelos americanos da Cloud9 na grande final da ESL Pro League.

O ginásio contou com a presença de mais de 6 mil pessoas na grande final, com um pico de 400 mil espectadores simultâneos. A série entre SK Gaming e Cloud9 teve mais de 74 milhões de impressões no Facebook, e o evento como um todo alcançou mais de 16 milhões de visualizações.

esl pro league season 4 em são paulo
ESL Pro League Season 4 foi disputado no Ginásio do Ibirapuera (Foto: HLTV)

A ESL Pro League Season 4 foi disputada entre os dias 26 e 30 de outubro de 2016. Ao todos, 12 equipes participaram da competição, que contou com uma premiação total de US$ 600 mil.

Os times foram: SK Gaming, Immortals, mousesports, Team EnVyUs, OpTic, Liquid, Cloud9, NIP, FaZe, Dignitas e NRG.

Campanha da SK Gaming

A SK ficou em primeiro na fase de grupos. Apesar de perder o primeiro jogo para a Ninjas in Pyjamas por 16-10 na Cobblestone, a equipe de FalleN venceu todas as quatro partidas seguintes.

A virada começou com vitória maiúscula sobre a FaZe por 16-2 na Overpass. Na sequência, coldzera e companhia venceram a Cloud9 por 16-6 na Dust 2 e a Dignitas por 16-7 na Cobblestone. Por fim, a SK Gaming bateu a NRG por 16-10 também na Cobblestone.

SK direto nas semifinais

Por ser primeira do grupo, a SK classificou-se direto à semifinal, onde enfrentou e venceu a Ninjas in Pyjamas por dois a um. A equipe brasileira perdeu a Nuke por 16-10, mas se recuperou e conquistou a classificação após garantir as vitórias na Overpass por 16-7 e na Cobblestone por 16-10.

Na final, FalleN e companhia foram derrotados de virada. O quinteto brasileiro venceu a Overpass por 19-17, mas perdeu a Mirage e Dust 2 por 16-6 e 16-5, respectivamente.

Campanha da Immortals

Já a Immortals, outra equipe brasileira na ESL Pro League Season 4, não passou da fase de grupos e foi eliminada precocemente. Na etapa inicial, a equipe de kNg perdeu para a Team EnVyUs por 16-5 e para a OpTic por 16-4 na Cobblestone.

A primeira vitória foi contra a mouseports por 16-14 na Mirage. Posteriormente, os Imortais voltaram a perder, mas dessa vez para a Liquid por 16-14 na Mirage.

A ESL One Belo Horizonte 2018 foi um dos campeonatos de CS:GO no Brasil que lotou estádio

Imagem da ESL Belo Horizonte, um dos campeoantos de CS:GO realizados no Brasil
(Foto: Helena Kristiansson/ESL)

A ESL One Belo Horizonte foi mais um dos campeonatos de CS:GO realizados no Brasil. Realizada em junho de 2018, no Ginásio do Mineirinho, a SK, equipe brasileira na competição, ficou com o 3º-4º lugar. O título foi para as mãos da FaZe Clan, que venceu a mousesports na decisão.

A competição foi disputada entre os dias 13 e 17 de junho de 2018. Ao todo, oito equipes disputaram uma premiação total de US$ 200 mil. Além dos brasileiros da SK Gaming e Não Tem Como, as equipes FaZe Clan, Team Liquid, mousesports, Space Soldiers, BIG e Ghost Gaming também jogaram o torneio.

Em termos de público e audiência, a ESL One BH também foi sucesso. Ao todo, 34,5 mil pessoas foram ao evento entre os três dias de torneio. O pico de espectadores pela internet chegou a 583 mil.

troféu da ESL one belo horizonte
Troféu da ESL One Belo Horizonte. O Evento foi realizado no Ginásio do Mineirinho (Foto: HLTV)

Campanha da SK Gaming

A campanha da SK Gaming começou muito bem na ESL One Belo Horizonte e terminou em segundo lugar no Grupo A. Os brasileiros começaram com derrota para os turcos da Space Soldiers por dois a zero, com parciais de 16-13 na Cache e 16-11 na Inferno.

Os brasileiros se recuperaram com uma boa vitória contra a Ghost Gaming por dois a zero: 16-6 na Inferno e 16- na Dust 2. Por fim, a SK enfrentou novamente a Space Soldiers e garantiu a vitória por 16-14 na Cache e 16-6 na Dust 2.

Playoffs

Nos playoffs, o sonho não durou muito. A equipe brasileira foi derrotada logo no primeiro jogo pela mousesports por dois a zero com parciais de 16-7 na Dust 2 e 16-12 na Train. A mousesports foi à final contra a FaZe e perdeu por três a dois.

Campanha da Não Tem Como

A Não Tem Como também representou o Brasil na competição, mas não conseguiu vencer nenhuma partida. A equipe que tinha fnx na época perdeu para a mousesports por dois a zero (16-3 na Train e 16-12 na Mirage) e para a BIG, de virada, por dois a um com parciais de 16-9 na Train, 16-12 na Overpass e 16-4 na Dust2.

BLAST Pro Series: São Paulo 2019, uma lembrança amarga para os brasileiros

A edição da BLAST Pro Series 2019 foi realizada em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera. Em termos de resultados de times brasileiros, ela foi o pior dos campeonatos de CS:GO disputados no Brasil.

O MIBR, que na época tinha falleN, fer, Coldzera, Taco e Felps, foi eliminado ainda na fase de grupos sem nenhuma vitória na conta. A grande final foi disputada entre Astralis e Team Liquid, com a equipe de Xyp9x como a grande campeã da competição.

blast pro series 2019 em são paulo
BLAST Pro Series em 2019 foi realizado em 2019 (Foto: HLTV)

A competição aconteceu entre os dias 22 e 23 de março e seis equipes disputaram um prêmio de US$ 250 mil. Além dos brasileiros do MIBR, a Astralis, FaZe, Team Liquid, Ninjas in Pyjamas e ENCE também jogaram a competição.

O torneio de CS:GO teve cerca de 7 mil espectadores no estádio, bem como 6,3 milhões de espectadores únicos nos 26 canais de transmissão. Ao todo foram 3,7 milhões de horas assistidas.

Campanha do MIBR

A campanha do MIBR, ex-SK Gaming, na BLAST Pro Series: São Paulo 2019 foi de cinco derrotas em cinco jogos. A jornada começou com derrota para a ENCE na Train por 16-9, depois para a FaZe por 16-11 na Nuke.

Na terceira rodada, nova derrota para Astralis por 16-10 na Overpass. As últimas duas derrotas foram para a Liquid por 16-2 na Dust2 e para a Ninjas in Pyjamas por 16-13.

A polêmica DreamHack Rio 2019

No primeiro dia, horas de atraso fizeram o público ir embora antes do fim das partidas (Foto: Roque Marques)

A DreamHack Rio 2019 foi disputada no Parque Olímpico do Rio de Janeiro e foi o evento que contou com as presenças da FURIA e Sharks. A equipe de arT chegou na decisão, mas acabou por ser derrotada pela AVANGAR.

O campeonato aconteceu entre os dias 19 e 21 de abril de 2019. Ao todo, oito equipes disputaram uma premiação de US$ 100 mil. As equipes participantes foram as seguintes: FURIA, Sharks, INTZ, W7M, Redemption, Valiance, AVANGAR e eUnited.

Entre os campeonatos de CS:GO internacionais que aconteceram no Brasil, a DreamHack Rio foi o que teve mais polêmicas, principalmente relacionado à estrutura.

Programado para ter diversas modalidades, apenas o CS:GO aconteceu no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Vários problemas técnicos vieram à tona, o público, que pagou caro no ingresso, teve que sentar em cadeiras de plástico e até falta de condução para os jogadores foi citado entre as reclamações.

Dreamhack Rio 2019
Para ficar mais alto, leo_drunky utilizou duas cadeiras de plástico (Foto: Victor Hugo Porto)

Tantos problemas também resultaram em números baixíssimos de audiência e também do público pagante. Menos de 5 mil pessoas compareceram ao evento, somando os cinco dias. Nem mesmo a audiência na internet salvou, com um pico de “apenas” 66.984 espectadores, de acordo com o site Esports Charts.

Apesar de parecer muito, essa quantidade de espectadores é baixa para um evento internacional de CS:GO. Basta comparar com os números que mostramos nos torneios anteriores para ver a discrepância.

Campanha dos times brasileiros no campeonato de CS:GO

Ao todo, cinco equipes brasileiras jogaram o torneio de CS:GO: FURIA, INTZ, Sharks, W7M e Redemption, mas dessas, três já foram eliminadas na Fase de Grupos.

INTZ

INTZ, que estava no Grupo A, caiu com uma vitória e duas derrotas. A equipe venceu a FURIA na estreia por 16-11 na Mirage, mas perdeu para a AVANGAR por 16-8 também na Mirage.

Os intrépidos também foram derrotados pela FURIA, que garantiu a classificação, por dois a zero: 16-3 na Nuke e 16-4 na Train.

W7M

A W7M começou a jornada com derrota para a Valiance por 16-3 na Mirage, se recuperou contra a Redemption ao vencer por dois a zero (16-0 na Overpass e 16-8 na Inferno).

Na partida decisiva, a equipe perdeu, novamente, para a Valiance por dois a zero (16-7 na Inferno e 16-8 na Nuke).

Redemption

A Redemption perdeu seus dois jogos na fase de grupos para duas equipes brasileiras. A estreia foi contra a Sharks com derrota por 16-9 na Train e para a W7M por dois a zero.

FURIA e Sharks nos playoffs

yuurih, da FURIA, durante a DreamHack Open Rio (Foto: Victor Hugo Porto/Mais Esports)

Duas equipes brasileiras garantiram a classificação aos playoffs: FURIA e Sharks. Ainda na Fase de Grupos, a FURIA começou com derrota para a INTZ por 16-11 na Mirage, mas venceu a eUnited por 16-13 na Inferno e 16-8 na Nuke. Para selar a classificação, o quinteto furioso derrotou a INTZ por dois a zero: 16-3 na Nuke e 16-4 na Train.

A Sharks, por sua vez, começou a jornada na Fase de Grupos com vitória sobre a Redemption por 16-9 na Train e selou a classificação após vencer a Valiance por 16-12 no mesmo mapa.

Sharks e FURIA se enfrentaram na semifinal da competição, e a equipe de KSCERATO levou a melhor por dois a zero em uma partida relativamente fácil. Parciais de 16-13 na Inferno e 16-4 na Vertigo.

Na final, a FURIA pegou a AVANGAR e ficou no quase. Os brasileiros começaram muito bem após vencer a Vertigo por 16-2, mas sofreram a virada com derrota na Inferno por 16-8 e na Train por 19-16.

Imagem do Troféu da DreamHack Open Rio, campeonato de CS:GO que aconteceu no Brasil
Troféu da DreamHack Open Rio, conquistado pela Avangar (Foto: Victor Hugo Porto/Mais Esports)

IEM Major Rio 2022

O IEM Major Rio 2022 acontecerá entre os dias 31 de outubro e 13 de novembro. Ao todo, 24 equipes disputarão o título e premiação de R$ 500 mil para o primeiro colocado. É válido destacar que todos os ingressos para o evento foram esgotados em uma hora.

A final do Major no Brasil acontecerá no mesmo dia do Enem e outros eventos esportivos importantes no Brasil. A ESL já anunciou o formato do IEM Rio, que contará com todos os times vindo da classificatória RMR, tal como aconteceu no PGL Major Antwerp 2022.

O torneio está marcado para acontecer na Arena Jeunesse, no Rio de Janeiro. O local tem capacidade para 18 mil pessoas, com pouco mais de 12 mil assentos. Veja mais informações sobre a Arena e sua estrutura.

Veja também: China, França e Austrália estão “na fila” para receber um Major de CS:GO

Bruno Martins

por Bruno Martins

Publicado em 27 de maio de 2022 • Editado há quase 2 anos

Matérias Relacionadas
CS:GO
Os 21 melhores documentários sobre esports – LoL, Dota 2, CS, VALORANT e outros
CS:GO

Os 21 melhores documentários sobre esports – LoL, Dota 2, CS, VALORANT e outros

O Mais Esports preparou uma lista com os 21 melhores documentários de esports para se assistir. Tem sobre LoL, Dota 2, VALORANT, CS e mais!

Há 5 meses
CS2
CS: KSCERATO é o 19° melhor jogador do mundo na lista HLTV 2023
CS2

CS: KSCERATO é o 19° melhor jogador do mundo na lista HLTV 2023

O jogador KSCERATO, da FURIA, foi eleito o 19° melhor jogador do mundo em 2023 pela HLTV; é a quarta aparição seguida dele na lista.

Há 5 meses
CS2
CS: FalleN terá casamento transmitido na Twitch; veja como assistir
CS2

CS: FalleN terá casamento transmitido na Twitch; veja como assistir

Veja como assistir ao casamento de FAlleN e Letícia diretamente na Twitch. O astro dos esports brasileiros transmitirá toda a cerimônia.

Há 5 meses
CS:GO
CS:GO: TACO não tinha salário na LG quando venceu 1º Major
CS:GO

CS:GO: TACO não tinha salário na LG quando venceu 1º Major

TACO disse que não recebia salário quando ganhou o primeiro título do Major com Luminosity; veja o que mais disse o jogador.

Há 7 meses
CS:GO
CS:GO: Valve colocou nome errado de TACO no troféu do Major
CS:GO

CS:GO: Valve colocou nome errado de TACO no troféu do Major

Duas vezes campeão do Major, TACO revelou que a desenvolvedora do Counter-Strike, a Valve, escreveu seu nome errado no troféu do Major

Há 7 meses
CS:GO
CS:GO: Com FalleN, analista elege os 5 melhores IGL da história
CS:GO

CS:GO: Com FalleN, analista elege os 5 melhores IGL da história

A admiração de FalleN vai além do cenário nacional. Para Pimp, o Verdadeiro foi o terceiro maior IGL da história do CS:GO.

Há 7 meses

















































Campeonatos Atuais