CBLOL 2021: “Já me acostumei com o impossível”, Maestro comenta momento decisivo da INTZ

League of Legends
De:Vitor Ventura-
July 2, 2021

O próximo fim de semana do 2º split do CBLOL 2021 será importante, pois marca o fim do primeiro turno e começo do segundo, pela Fase Regular da competição. Isso significa que vamos, oficialmente, chegar na metade da fase de pontos e já iniciar a reta final para a definição das equipes que se classificarão aos playoffs.

Nesta sexta-feira (2), o Mais Esports conversou com o treinador da INTZ, Maestro. Os intrépidos estão em situação complicada no CBLOL, com somente duas vitórias em oito jogos, eles precisarão aumentar e muito seu aproveitamento, caso queiram uma chance no mata-mata.

Na minha visão, se você for um time bom, ou quer ser um time bom e quer disputar algo no campeonato, agora é um momento chave. É assim que eu encaro, nós da comissão técnica e diretoria também, está na hora de darmos uma guinada. Mostramos uma certa melhora, mas este fim de semana será muito importante. Perdemos muitos jogos que não poderíamos ter perdido, não tem mais espaço para erros e se continuarmos perdendo, damos adeus aos playoffs.

Usando o split passado como referência, a última equipe a se classificar foi a KaBuM!. Na época, os Ninjas conseguiram a vaga com uma campanha de 50% de aproveitamento, ou seja, nove vitórias e nove derrotas. Para a INTZ ao menos repetir este resultado, precisará vencer sete dos seus últimos dez jogos.

Na INTZ há 5 anos, Maestro está habituado com o impossível

Para Maestro, a tarefa é difícil, mas como ele mesmo diz: “minha função é tornar o impossível possível.”

“Não é um caminho fácil, mas se formos lembrar das últimas histórias, tivemos a própria KBM em 2020, venceram sete jogos seguidos, se classificaram e foram campeões do 1º split. Eu acredito nos meus jogadores e comissão técnica, jamais vou desistir enquanto houver chance. Sabemos das dificuldades, para muitos é impossível, mas para mim sempre foi assim”, afirma o treinador da INTZ.

Maestro e Tay INTZ 2019
Na INTZ há quase meia década, Maestro já viu a equipe em altos e baixos (Foto: Riot Games)

Maestro relembrou seu primeiro título de CBLOL pela INTZ. Ele conta que ficou quase que em estado de choque por alguns dias antes de se tocar de que havia sido campeão nacional. “Já me acostumei com essas situações impossíveis, temos condição de começar a vencer, achar um caminho, dar a reviravolta e sermos campeões.”

Neste fim de semana, os intrépidos enfrentam a FURIA e a Rensga, buscando o primeiro 2-0 da equipe neste split, o que seria o início ideal rumo às sete vitórias necessárias para brigar por uma vaga na classificação.

Você confere a cobertura completa do CBLOL aqui no Mais Esports

Veja também: Gragolandia deixa a INTZ