CBLOL 2021: “Tivemos que cancelar parte do treino porque o brTT não estava bem”, revela Robo

League of Legends
De:Vitor Ventura-
January 16, 2021

A paiN estreou com derrota no CBLOL 2021. A partida contra a LOUD, assistida por mais de 320 mil pessoas neste sábado (16) marcou também o início oficial da temporada competitiva de LoL no Brasil.

Na coletiva de imprensa após a partida, o top laner, Robo, falou sobre a estreia, o draft montado pela paiN para esta primeira partida, além do estilo de jogo “previsível”, de acordo com Dynquedo (LOUD) e o problema de saúde que atrapalhou brTT.

Erros no começo comprometeram jogo da paiN

“Acredito que vacilamos muito desde o Lv.1, nós tomamos a jogada Lv.1, depois no Bot e no Top, o jogo não era pra ter sido tão difícil. Eles tinham uma pequena vantagem no draft, por eles terem escolhidos os matchups e ganharem as side lanes, mas era para termos vencido. Eles jogaram muito bem no early game, depois só executaram os campeões que tinham. Eles são jogadores experientes e souberam executar, o que não é algo simples. No geral, foi mais eles executando o plano de jogo e nós perdendo em pontos onde não poderíamos ter perdido”, explica Robo.

Sobre como lidar com uma derrota, tendo mais uma partida no fim de semana, o jogador afirma que a mentalidade muda, já que é outro adversário, os jogadores são outros, o draft é outro e até outro lado do mapa. “Não temos que ficar pensando tanto nessa derrota, até porque nós podemos ver claramente os nossos erros. Não saber porque perdemos é algo muito frustrante, mas como já sabemos nossos erros, sabemos onde melhorar, então é algo mais tranquilo. Foi uma estreia ruim, sim, mas também podemos tirar coisas boas dela.”

brTT não estava 100%

Após a partida, o atirador da paiN Gaming, brTT, revelou que estava doente e que isso atrapalhava na hora de jogar. Apesar de alguns comentários de torcedores dizendo que isso parecia ser uma “desculpa”, Robo contou que a condição do AD Carry fez com que a equipe cancelasse uma parte dos treinos marcados para a última sexta (15).

“As pessoas podem achar que é desculpa, mas ontem nós tivemos que cancelar uma parte dos treinos porque ele não estava se sentindo bem. Acho que hoje ele ainda não acordou 100%, ele não conseguiu dar tantas chamadas quanto ele normalmente daria, espero que ele esteja melhor amanhã. O brTT é um jogador importante”, declarou Robo.

Na coletiva da LOUD, o mid laner, Dynquedo, declarou que seu time esperava o draft e estilo de jogo da paiN para o jogo de hoje, com um tanque no topo, mago no meio e um suporte de iniciação. O Topo da paiN admite que, de fato, a composição era semelhante ao que a vice-campeã trouxe em 2020.

Composição “previsível”, segundo Dynquedo

“Realmente é uma composição previsível, mas é muito difícil de se jogar contra. Nós cometemos muitos erros e por isso pareceu ser mais simples do que de fato é. Se não tivéssemos errado tanto no começo, perdendo dragões e tomando jogadas, o jogo seria bem diferente”, conta.

Para 2021, a paiN Gaming trouxe um novo nome para a comissão técnica. Trata-se do treinador turco, Nova, que está inscrito no CBLOL junto com Dionrray, analista da equipe. Sobre o reforço, Robo declara estar gostando de trabalhar com o novo treinador, apesar do pouco tempo juntos. “Ele sabe lidar bem com pessoas e isso é algo que eu considero muito importante.”

Apesar da estreia negativa contra a LOUD, a paiN tem uma chance de não encerrar o primeiro fim de semana do CBLoL no vermelho. Neste domingo (17), a equipe enfrenta o Cruzeiro na última partida do dia. A Raposa, estreante no cenário de LoL, iniciou com uma vitória surpreendente sobre a atual campeã, INTZ.

Você confere a cobertura completa do CBLOL aqui no Mais Esports.

Veja também: “A gente já tá bem parceiro”, diz Dynquedo sobre estreia da LOUD