CBLOL 2021: Robo projeta jogos contra Vorax e Flamengo e brinca: “Muitos ganks no Top”

League of Legends
De:Vitor Ventura-
January 29, 2021

A paiN Gaming está com um desempenho mediano nesse começo de CBLOL 2021. Até agora, a equipe conseguiu duas vitórias e sofreu duas derrotas nas quatro partidas que realizou até agora na temporada.

Nesta quinta-feira (28), o Mais Esports conversou com o Top Laner da paiN, Robo, que falou sobre a performance e evolução do time até agora, a adaptação do elenco à chegada do novo suporte, Luci, além de projetar os dois próximos confrontos do CBLOL, com Vorax e Flamengo, neste fim de semana.

“Acredito que estamos evoluindo bem. Falaram que não iríamos mudar tanto por termos trocado só uma peça, mas esta peça que trocamos, mudou muita coisa, como estilo de jogo, comunicação, leque de campeões, então eu diria que quando você mexe numa peça, você tem que reaprender a utilizar toda a engrenagem. Não estamos nem perto do nosso potencial e vejo isso nos nossos treinos, a cada semana e a cada dia de treino ficamos melhores, então estamos num bom caminho e o campeonato é longo”, declarou Robo.

Apesar da “troca de peça”, como falou o top laner, o novo reforço da paiN para esta temporada é Luci, suporte sul-coreano duas vezes finalista do CBLOL e com um título, do 2º split de 2019 pelo Flamengo, a equipe também de Robo e brTT. Hoje, o trio se reencontra na paiN Gaming.

Luci reencontra Robo e brTT

Para Robo, o estrangeiro mudou bastante nesse mais de um ano entre os splits. “Ele está muito tranquilo, não tem muito o que reclamar dele, só coisas positivas mesmo. Ele é um jogador muito proativo dentro do jogo, tem uma boa mecânica, é um jogador diferenciado e é sempre bom jogar com players assim no time.”

No começo do ano passado, a paiN trouxe dois jogadores sul-coreanos vindos diretamente da LCK, o caçador Seonghwan e o suporte, Key. Apesar de toda a expectativa, a dupla estrangeira não vingou e a paiN terminou aquele split somente em 6º lugar na Fase Regular e fora dos playoffs. Para a etapa seguinte, a equipe foi reformulada, com exceção de Tinowns e brTT.

Para Robo, a adaptação de Luci é somente com o time e vice-versa. “Ele já está no Brasil há um tempo, até algumas palavras que falamos em Português ele pega e já sabe qual assunto estamos falando. Ele já está se adaptando a isso e acho que o time ainda precisa se adaptar um pouco mais ao estilo de jogo dele, como ele roda o mapa, etc, para sermos um time ainda mais forte”, opina.

Barraca montada no Top?

Neste fim de semana, a paiN Gaming enfrenta a Vorax e o Flamengo, duas equipes que possuem grandes top laners nos seus elencos. fNb no lado dos vorazes e Parang pelos rubro-negros são os grandes adversários de Robo na rota. Quando perguntado sobre os dois jogos, o topo da paiN brinca: “Dá para esperar muitos ganks top.”

Robo disputa seu segundo split pela paiN Gaming (Foto: Riot Games)

“Mas falando sério, estou bem ansioso. São dois top laners com boas lane phases, acho que consigo lidar bem com eles, mas é aquilo: se eu sair da minha torre podem vir três ou quatro[adversários], então tenho que tomar bastante cuidado com toda movimentação que eu for fazer. Sempre vai ter alguém ali”, completa.

paiN e Vorax abrem os jogos deste sábado (30) com uma partida importante, já que ambas as equipes estão com duas vitórias e duas derrotas, empatadas na 4ª colocação. A paiN abre também o domingo (31), no clássico das multidões com o Flamengo, atual vice-líder da Fase Regular.

Um bom fim de semana de Robo e companhia pode sacramentar a paiN como uma das maiores forças deste 1º split do CBLOL 2021.

Você confere a cobertura completa do CBLOL aqui no Mais Esports.

Veja também: FPX faz o jogo mais rápido da liga na temporada