Logo MaisEsports
HomeAssistaRecallAnuncie
Logo MaisEsports

CBLOL 2022: Com a paiN no passado, Robo e Tinowns miram futuro na LOUD

Vitor Ventura
publicado em 15 de dezembro de 2021, editado há um mês
League of Legends

Duas das transações mais badaladas (e conturbadas) da Janela de Transferências para a Temporada 2022 do CBLOL, as saídas de Robo e Tinowns da paiN Gaming mexeram com o cenário. Contudo, em entrevista ao Mais Esports, a dupla quer deixar claro que, independente dos bons momentos de outrora, o foco agora é “fazer o L”.

Tin e Robo LOUD
Tinowns e Robo chegam para reforçar a Tropa em 2022 (Foto: Divulgação/LOUD)

Tanto que, quando questionados sobre a antiga equipe, a dupla lembra dos bons momentos, mas logo pôe seus pensamentos no futuro, como é o caso de Robo. O “Robs” admite a mágoa que ficou após saída conturbada do time que ele chegou a afirmar que jamais sairia para outro no Brasil.

Foi um período legal, bom para os dois lados, a paiN estava há anos sem chegar numa Final de CBLOL, e eu consegui chegar em duas, além de conquistar o título no meu 2º split. Foi uma boa temporada, mas agora chegou a hora de mudar. […] Foi um período difícil. São coisas complicadas, acontecem… É difícil, não foi algo planejado e ter que sair da sua zona de conforto para ir atrás, mas tudo o que eu falei, já tinha dito no twitlonger e não há mais nada para comentar sobre esse assunto. Vida que segue, agora estou super feliz na LOUD e vim para trazer títulos.

O mid laner, Tinowns, afirma que, além dos problemas envolvendo Robo e paiN, ainda houveram outros motivos que o levaram a deixar a equipe. Motivos estes, porém, que ele prefere não abordar: “Isso estava incluído sim, mas há outras coisas também que não é válido falar… nos últimos tempos eu não fiquei satisfeito. De forma geral, até falei no comunicado, tentamos uma renegociação em 2020, depois da Final do CBLOL e dos Prêmios, tivemos algumas conversas, mas não rolou. Decidimos seguir cada um para o seu lado.”

Tin, porém, relembra com carinho a trajetória de quatro anos na equipe. De acordo com o jogador, se não fossem os companheiros de equipe e membros na comissão técnica, ele não chegaria onde chegou. “Só sou o jogador que sou hoje graças a todos que estavam lá.”

Novo começo na LOUD

Porém, se engana quem pensa que “Fazer o L”, ou representar a LOUD envolve principalmente gravação de vídeos para o TikTok. O top laner, por exemplo, afirma com firmeza: “Cheguei para trazer títulos.”

Quero representar bem o Brasil no palco internacional e ser campeão do CBLOL. Até falei isso com o Jean, um dos donos da LOUD, estou aqui para trazer títulos para a LOUD, eles são uma organização gigante e merecem isso. Ser campeão e representar bem o Brasil lá fora, esses foram os meus critérios para mudar de time, na hora de escolher uma opção de time e gostei da lineup, acho que nos damos bem e a Riot também anunciou que o CBLOL será presencial em 2022 e todo mundo sabe que é bem diferente. Estou aqui para vencer.

O novo mid laner da tropa tem um objetivo um pouco mais pessoal. Depois da participação no MSI 2021, seu rendimento caiu e não foi tão positivo quanto em splits passados, principalmente em 2020 quando venceu quatro prêmios individuais. Por isso, quer se manter constante e em bom nível durante toda a temporada. “Quero treinar para voltar a jogar bem lá fora, fazendo uma boa campanha e talvez até melhor. […] Eu vim para a LOUD com uma mentalidade totalmente focada para o competitivo. Estamos aqui para conquistar títulos e é só isso.”

LOUD Time 2022
Time da LOUD conta com Robo, Tinowns, além de Tay, Duds e Ceos (Foto: Divulgação/LOUD)

O sonho de jogar fora do Brasil

Não é segredo para ninguém que Robo e Tinowns sonhavam com a chance de jogar fora do Brasil, tanto que ambos embarcaram em um bootcamp na Europa durante o Worlds 2021, com o objetivo de chamar atenção de alguma equipe do continente. Apesar dos esforços, o sonho ficou para depois.

Robo afirma que ainda tem a grande meta de jogar por uma equipe fora do CBLOL, em uma liga Major. Ele admite, porém, a frustração de não ter conseguido isso para a próxima temporada e fala em incertezas no futuro: “Não sei o que vai acontecer, as coisas mudam, tudo vai depender do que acontecer no futuro, mas no momento estou bem feliz.”

Já Tinowns admite que, por mais que já soubesse o tamanho do desafio, se surpreendeu com a dificuldade de alcançá-lo, ainda maior do que imaginara. Ele diz que, para realizar este sonho, primeiro deve cumprir seu objetivo pessoal traçado para 2022.

Ainda tenho essa vontade, não vou mentir, mas depois desse ano e depois do bootcamp, eu vi o quão difícil seria. Eu já sabia que seria, mas agora caiu a ficha. Se eu quero ter esse sonho, preciso cumprir meu objetivo pessoal, ser mais constante e chegar lá fora mais vezes. Quem sabe, daqui um tempo, eu jogue uma liga Major lá fora.

Expectativas para encontrar a torcida da LOUD

“Veio no momento perfeito”, dispara o mid laner. Tin se refere à volta do CBLOL de forma presencial para a próxima temporada, pela primeira vez desde o início da pandemia em Março de 2020. “Estou ansioso para essa volta, nesses 2 anos só jogamos de casa, agora voltaremos para nossa rotina normal de pro player.”

Já sobre encontrar a massa verde da LOUD, Tinowns acredita que será uma ótima oportunidade, já que não só a torcida os conhecerá, mas também eles a conhecerão. Vale ressaltar que, em quase dez anos de CBLOL, esta é a primeira vez que o torneio receberá o público durante os jogos semanais da Fase Regular.

Robo e Tinowns - paiN Gaming
Dupla campeã pela paiN em 2021 não fará mais parte da equipe

Robo está ainda mais animado para a volta do presencial e encontro com a torcida. Ele lembra da experiência “inesquecível e especial” que foi ser campeão do CBLOL em 2019, no Rio de Janeiro, quando defendia o Flamengo.

Tenho certeza que a torcida da LOUD também vai chegar em peso e torcer bastante, mas estou bem ansioso, sei bem que as coisas mudam muito por conta do público e pelo presencial. Tem uma galera que jogou bem no online, mas não jogava bem antes, então to bem ansioso pra isso. Somos novos e precisamos conhecer a torcida, tenho certeza que eles são especiais

Início do CBLOL 2022 e estreia da LOUD

Como anunciado pela Riot Games nesta quarta-feira (15), o CBLOL 2022 começa no dia 22 de janeiro, às 13h no horário de Brasília. A LOUD fará sua estreia contra a FURIA, no jogo que abre a nova temporada. No dia seguinte, a tropa enfrenta os atuais campeões, a RED Canids Kalunga.

Veja também: Vorax se chamará Liberty e anuncia line-up

24 horas de Esports em apenas 10 minutos. Assine o Recall, a Newsletter diária do Mais Esports!

Logo MaisEsports© Todos os direitos reservados à maisesports