- Publicidade -

A Gamers Club anunciou nessa terça-feira (10) a criação da Gamers Club Masters Feminina que contará com 4 equipes disputando a premiação total de R$ 60 mil em junho, sem data definida até o momento.

Desde 2017, a GC Masters tradicional é disputada e se consolidou como um dos maiores torneios do Brasil, chegando a ser apelidada de “Major brasileiro”. Três anos depois, as mulheres receberão a oportunidade de competir em uma GC Masters, “com essa mesma infraestrutura em um campeonato exclusivo”, disse a nota enviada à imprensa.

Para brigar por um vaga na GC Masters, basta que todas jogadoras da equipe sejam do gênero feminino e possuam a medalha da Liga Feminina. As campeãs da Liga Feminina de março e abril estarão garantidas na GC Masters, enquanto as vice-campeãs irão ao qualificatório fechado, que será disputado nos dias 30 e 31 de maio.

Na seletiva fechada, serão oito times. Além das duas classificadas via segunda colocação na Liga Feminina, outras seis se classificarão após o qualificatório aberto, disputado nos dias 9 e 10 de maio. A data exata do evento principal ainda não foi revelada, mas está “programada para junho”.

Fly, CEO da Gamers Club, comentou acerca da criação da GC Masters Feminina: “Sempre foi uma preocupação da Gamers Club incentivar a comunidade de Counter-Strike feminina. Fomos pioneiros na criação de uma liga com premiação, que proporciona um ambiente competitivo e seguro para que as mulheres possam jogar. […] Esse é um grande passo para que possamos realizar muito mais e dar visibilidade para um cenário carente de campeonatos e divulgação”.