Jogadores da GPL tem problemas com visto e são substituídos no All-Star 2017

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
December 6, 2017

Quatro jogadores do time que representaria a GPL no All-Star 2017 não conseguiram seus vistos para viajar para os Estados Unidos e assim terão que ser substituídos de ultima hora. Apenas o jogador Đỗ “Levi” Duy Khánh não teve problemas e assim deve embarcar normalmente para a competição.

Em um post no Facebook, Dương “Tinikun” Nguyễn, Head Coach da Gigabyte Marines, explicou toda a situação. De acordo com o mesmo, conseguir visto do Vietnã para os Estados Unidos é sempre uma tarefa difícil, porém como Levi já tinha feito muitas viagens internacionais desde dezembro do ano passado (Espanha, Filipinas, Brasil, Tailândia, China), era mais fácil para a embaixada conseguir informação online sobre o mesmo. O treinador ainda ressalta todo o esforço que a Riot Games e o Garena fizeram para conseguir o visto para todos os jogadores. Tinikun iria viajar com a equipe como treinador escolhido, porém também não conseguiu o visto e será substituído.

Vale lembrar que na GPL é feito um pequeno torneio entre as regiões do sudeste asiático para decidir a equipe representante da região. Confira quem era os jogadores que iriam participar do All-Star e por quem eles foram substituídos:

Topo: Jisu (Ascension) substituindo Hope (Ultimate)
Levi (GIGABYTE Marines)
Patrick (Bangkok Titans) substituindo Naul (Young Generation)
Dantiz (Impunity) substituindo NoWay (GIGABYTE Marines)
Kra (Sovereign) substituindo Palette (Young Generation)
OMO (Sovereign) substituindo Tinikun (GIGABYTE Marines)

Os dois escolhidos para jogar o torneio 1×1 foram Levi e Jisu.

O All-Star 2017 começa dia 7 de dezembro e acontecerá nos estúdios da LCS NA, em Los Angeles, nos Estados Unidos. A competição será transmitida nos canais oficiais da Riot Games.