- Publicidade -

O suporte da Albus NoX Luna, Kirill “Likkrit” Malofeev terá mais um “adversário” nas quartas-de-finais do Mundial de League of Legends 2016. O jogador que é um dos destaques da equipe russa contraiu pela terceira vez catapora e enfrentará a H2K mesmo não na melhor das suas condições físicas.

Em entrevista ao site Slingshot eSports, o capitão da Albus NoX Luna, Michael “Kira” Garmash confirmou que Likkrit já estaria se sentindo doente antes mesmo da postagem que o mesmo fez em seu perfil no Twitter.

No entanto, Kira ainda revelou que não sabia o que seu companheiro de time tinha e conta que o time ainda brincou com a situação: “Ok, se você está morrendo, só jogue o nosso jogo e só morra depois disso por favor”.

O fato de Likkrit estar com uma doença infectocontagiosa acarretará em um problema para ele e para a Albus NoX Luna. Por conta da catapora, o jogador não poderá ir de avião a Chicago, local onde serão disputados os confrontos das quartas-de-finais e com isso, terá que fazer o trajeto que duraria 4h35 de avião, por meio terrestre, com o mesmo percurso levando 31 horas.

De acordo com o manager de e-Sports da Riot Games, Derrick “FearGorm” Asiedu, por conta da condição de Likkrit, o confronto entre Albus NoX Luna e H2K foi adiado e será o último das quartas-de-finais a ser realizado. Assim, o time russo acabará perdendo um precioso tempo de treino para o confronto decisivo.