LoL: Campeão mundial, Crown anuncia sua aposentadoria do competitivo

League of Legends
De:Bruno Rodrigues-
December 1, 2020

O jogador Crown, campeão mundial pela Samsung Galaxy em 2017, anunciou nesta terça-feira (1) a sua aposentadoria do cenário competitivo. O mid laner estava na ativa desde 2014 e passou por altos e baixos na sua carreira. O comunicado veio pelo seu Instagram pessoal.

Com um bolo escrito “Farewell Crown”, o jogador deixou uma mensagem para os seus fãs agradecendo todo o apoio que teve durante sua carreira competitiva. A mensagem estará traduzida na íntegra no final da matéria.

Crown no Worlds 2018. (Foto: Divulgação/LoL Esports)
Continue após a publicidade

Carreira de Crown

Crown começou a jogar em 2014 pela Team 58ers. O seu segundo time, em setembro de 2014, foi a equipe brasileira KaBuM! Black, que o fez ganhar o carinho da torcida brasileira. Ele deixou o Brasil no mesmo ano e se juntou a Hyper, permanecendo até maio de  2015. Foi então que ele entrou na Samsung Galaxy, organização em que obteve os melhores resultados.

Em 2016 a equipe se classificou para o Worlds e chegou a final do torneio, mas foi derrotada pela SKT T1. Em 2017, novamente eles foram como terceiro representante da LCK e conseguiram chegar a final, dessa vez conseguindo a vingança contra o time de Faker. A SSG venceu a SKT por 3-0 e conquistou o título mundial daquele ano.

Crown e a Samsung Galaxy comemorando o título mundial de 2017. Foto: Divulgação/LoL Esports

A Samsung Galaxy foi vendida para a KSV, que posteriormente se tornou Gen.G, e novamente aos trancos e barrancos, Crown e companhia se classificaram para o Worlds. Diferente de 2017, a campanha de 2018 foi a pior de um time coreano no mundial, com a Gen.G sendo eliminada ainda na fase de grupos com uma vitória e cinco derrotas.

Veja abaixo nossa entrevista com o jogador no Mundial daquele ano:

Crown deixou a Coreia e foi jogar no NA, passando pela Optic e Counter Logic Gaming, mas não conseguiu bons resultados na região. Ele voltou para a sua terra natal e jogou pela OZ Gaming na segunda divisão sul-coreana, mas acabaram sendo eliminados nos playoffs e terminaram na terceira colocação.

Mensagem de despedida

Veja abaixo a mensagem de despedida deixada pelo jogador em seu Instagram.

Bolo Crown
Bolo postado com a mensagem no Instagram de Crown. Foto: Divulgação/Instagram/Crown

“Aqui é o Lee “Crown” Min-ho, conhecido como Crown. Estou escrevendo isso para poder cumprimentar todos os meus fãs pela última vez sob o nick de Crown. Em primeiro lugar, para aqueles que torceram por mim e me elogiaram, estou muito grato por você ter me dado a atenção e o amor que eu não mereço.

Comecei a gostar de jogos em 2009, quando Starcraft: Brood War se tornou popular de repente na escola. Joguei contra amigos da escola com base na lembrança de jogar o jogo com primos e amigos quando era mais jovem, mas perdi para alguns deles.

Talvez tenha sido a partir de então que eu tenha ficado competitivo, comecei a procurar construções, estratégias e controle. Eu analisei e pratiquei para vencer os amigos que não fui capaz de vencer um por um. Acho que foi quando realmente comecei a me interessar por jogos.

Entrei no Starcraft e comecei a assistir a Starcraft League no OGN. Não sei quando, mas me peguei esperando na frente da TV para assistir ao jogo nos dias em que Lee Jae-dong estava jogando.

Um dia, por acaso ou destino, vi Lee Jae-dong jogar na final da OGN Starcraft League. Assistir ele ganhar o campeonato, curtir a vitória, ser reconhecido, e sua voz, expressão durante a entrevista – de tudo naquele momento, pensei que queria ser como ele. A partir desse ponto, não sabia o que realmente era, mas eu queria o “Golden Mouse” e trabalhei muito para me tornar um jogador profissional.

(Na verdade, eu não acho que trabalhava muito naquela época, e não acho que dei tudo de mim quando era ativo, mas agora, estou apenas racionalizando e sendo generoso comigo mesmo … Não fiz o meu melhor, mas trabalhei muito.)

Pratiquei noite e dia, joguei e entrei para a STX Soul como trainee no verão de 2010. Eu tentei muito vencer os iniciantes por baixo, mas de acordo com as avaliações dos jogadores e especialistas, eu não era capaz de jogar como jogadores de nível S, A +, A, B. Houve problemas sociais e várias coisas aconteceram – partidas oficiais de Starcraft: Brood War desapareceram, o que eu gostei.

Eu estava vivendo minha vida diária depois de desistir do meu sonho, mas meus amigos que nasceram em 94, 95, 96 e amigos do clã de Starcraft começaram a se aprofundar em um novo jogo chamado LoL, então comecei a jogar League of Legends.

Começando mais ou menos no final da segunda temporada de LoL, havia tantas coisas. Coisas boas, coisas difíceis, coisas tristes … Eu senti emoções que acho que nunca vou sentir novamente – a competitividade, alegria, tristeza, raiva, ansiedade, depressão, letargia, bom, ruim …

A partir de certo ponto, ao invés de ser divertido, interessante e competitivo, todos os meus pensamentos foram preenchidos com pensamentos negativos e começaram a ficar estressantes. Eu estava sonhando coisas que não consigo alcançar de forma realista e disse “isso mais uma vez, mais uma vez na próxima”, e suportei pateticamente até agora. Acho que finalmente é hora de deixar ir.

Esta foi uma longa mensagem, certo? Eu estou apenas escrevendo, nem sei a gramática.

Agora, de verdade. Se eu apenas disser isso pela última vez, algo que eu queria dizer para mim mesmo, ou para minha mãe, ou se eu só queria atenção, ou se eu queria seguir alguém – eu nem me lembro direito, faz tanto tempo. Eu queria dizer isso desde o início até agora, mas não consegui, agora não posso. Se eu disser isso agora, acho que posso ir embora sem me arrepender. Mesmo que seja estranho, apenas deixe pra lá.

*Com este campeonato como início, eu, Lee Min-ho, serei um jogador profissional que continua a crescer, conquistando o segundo e terceiro campeonato. Obrigado.

Sou grato por tantos conhecidos, todos os momentos, coincidências e sorte. Obrigado.”

*Essa é uma mensagem que Crown queria ter dito para si mesmo no início da sua carreira.

Veja também: Flamengo anuncia a contratação do treinador turco Pades