×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

LoL: Clearlove e Eu

League of Legends

Sempre imaginei como seria quando esse dia finalmente chegasse, e ele chegou. Apesar de estar esperando esse momento há algum tempo, não deixa de ser menos impactante ou emocionante para mim. Ver meu maior ídolo se aposentar e me emocionar com isso é um atestado de como esse jogo é de fato algo importante para minha vida. 

Muitas pessoas já me pediram para escrever sobre o Clearlove e minha resposta sempre foi que talvez eu nunca conseguiria, que nunca escreveria algo bom o suficiente, que dificilmente colocaria em palavras exatamente como estou me sentindo, mas não custa nada tentar e não seria justo da minha parte não falar nada sobre um dos maiores nomes da história do competitivo mundial.  

Foto: Team WE

O irmão mais novo

Todos já devem ter ouvido pelo menos uma vez sobre a lendária World Elite, como eles foram a melhor equipe do mundo durante um certo período e em como eles saíram derrotados da mais longa série da história dos mundiais devido problemas técnicos durante o campeonato mundial de 2012.   

Clearlove nessa época era apenas um garoto, uma peça tímida ao lado de estrelas em ascensão que se tornariam verdadeiras lendas dentro do cenário Chinês. Na época ninguém poderia imaginar que o irmão mais novo seria o mais sucedido dentre todas essas estrelas e quem conquistaria o primeiro título internacional da região em uma competição oficial da Riot.  

Apesar da World Elite ter durado pouco tempo, muitos títulos foram conquistados, com o principal deles sendo a IPL5, campeonato que ocorreu logo após o mundial de 2012. Com a participação da campeã mundial TPA, FnaticMoscow 5 e todas as grandes equipes da época, a sensação era de um segundo round, uma segunda chance para as equipes que falharam em ganhar o mundial, por isso a competição é lembrada com tanto carinho pelos fãs até os dias de hoje.

Foto: Legends Rising/Riot Games

A “traição” e o começo da minha admiração

Já disse algumas vezes que comecei a acompanhar de verdade o cenário chinês em 2013, muito pela vitória da WE na IPL5. O time que me chamou atenção nessa época foi a OMG e não a WE de Clearlove. É difícil imaginar que aquela line-up, considerada a melhor do mundo em 2012/2013, não conseguiria se dar bem na estreia da LPL. Foi um ano bem apagado da organização e que culminou na aposentaria precoce de CaomeiMisaya e Weixiao.  

Com a equipe da WE já defasada, o jogador tomou a decisão de ir para uma nova organização, junto de seu técnico Aaron e seu suporte Fzzf. Com isso todos os fãs da antiga World Elite, que na época era gigantesca, começaram a odiar o caçador e a recém-criada EDG, considerando esse ato uma verdadeira traição. 

Toda carreira de Clearlove foi marcada pelo amor e ódio de seus torcedores e foi nessa época que eu comecei a admirar o jogador. Lembro de achar muito ousado ele sair dá maior e mais tradicional organização de esports da China, então quando o time liderado por ele conseguiu ganhar as duas etapas da LPL, algo diferente estava surgindo dentro de mim.  

Foto: LoL Esports

As conquistas

Eu acho bizarro as pessoas não lembrarem a quantidade de títulos que o Clearlove tem em sua história, então eu vou listar aqui tudo que o jogador ganhou na carreira, isso mesmo, vou listar.  

Com a WE: 2012 WEM, 2012 IEF, 2012 GIGABYTE StarsWar League, 2012 TGA Grand Prix Winter2012 IPL5, 2012 G-League Season 2, 2013 NVIDIA Game Festival, 2013 IEM VII Shanghai. 

Com a EDG:  LPL Spring 2014LPL Summer 2014LPL Spring 2015MSI 2015LPL Summer 2016,  Rift Rivals 2017, LPL Summer 2017, Rift Rivals 2018. 

Demacia Cup’s2014, Spring 2015, Summer 2015, 2016, Spring 2017. 

Um total de 21 títulos, sendo 2019 o primeiro ano que passou em branco na carreira do jogador, sem nenhum título. Isso marcou uma nova era não só para ele, mas para toda EDG.  

Mesmo tendo vários títulos, mesmo derrotando a SKT naquela memorável final de MSI em 2015 (onde foi considerado o MVP), mesmo enfrentando e superando todas as gerações de caçadores que passaram na LPL, tudo que as pessoas lembram são de suas derrotas e por muito tempo Clearlove também só lembrava delas. 

Foto: Legends Rising/Riot Games

As derrotas e minha paixão

É difícil eu não me emocionar quando penso nas derrotas que Clearlove teve durante sua caminhada. É um absurdo imaginar que ele se aposentou sem nunca ter passado das quartas de final de um campeonato mundial, é um absurdo pensar que, apesar da total e completa dominância na posição dentro da China, poucos o consideram como um dos melhores que já existiu na posição.  

Eu já chorei algumas vezes assistindo partidas de League of Legends e na maioria delas foi em partidas da EDG. Ver o time ser campeão do MSI em 2015 me fez derramar lagrimas, assistir Peanut destruir Clearlove no mundial de 2016 me fez derramar lagrimas, mas o maior soco de todos foi em 2017, não foram apenas lagrimas caindo.   

Imagina estar participando do seu sexto campeonato mundial, de estar jogando em sua cidade natal na frente de seus amigos e familiares, de ser o campeão chinês mais uma vez, de estar ganhando a partida contra a SKT duas vezes e nas duas ver a vitória escorregando entre os dedos. Acho justo dizer que 2017 foi o melhor mundial de Clearlove e ver ele ficando na fase de grupos me destruiu, eu chorei feito uma criança e só de escrever isso agora eu me encho de lagrimas.  

Era como se tudo acabasse ali, eu não consigo nem imaginar o que passou pela cabeça dele enquanto tudo aquilo acontecia. Ele não ter se aposentado depois desse mundial realmente me surpreendeu, me mostrou que ele era muito mais forte do que eu pensava e que toda minha admiração pelo jogador e pessoa eram justificáveis.

Foto: LoL Esports

O irmão mais velho e referência de toda uma região

Em meados de 2015 ou 2016, a LPL implementou um sistema de POV de seus jogadores e por conta disso tive a oportunidade de assistir toda a etapa pela perspectiva de Clearlove, o que fez eu me tornar um caçador, amar a posição e ver como um líder tem que se portar dentro de jogo. O competitivo mudou para mim, tudo que eu sabia sobre o jogo mudou e graças a ele eu me apaixonei ainda mais pelo esporte. 

Clearlove pode não ser um campeão mundial, mas inspirou e ainda inspira campeões mundiais. Sem ele e Mlxg, essa geração de incríveis caçadores chineses nunca existiria e muitos jogadores nunca teriam sido revelados. Pouca gente sabe, mas sempre que o jogador encontra um jogador que ele considera promissor na soloq, ele tenta o guiar de alguma maneira, fez isso com diversos jogadores que hoje jogam na LPL e por essa e muitas outras é quase impossível não achar alguém que não o respeite.  

Capitão, cara e coração do time mais vitorioso da região, ver ele se aposentar como jogador é o termino de uma era não só para a EDG, mas para toda LPL. O último da lendária World Elite agora se junta a seus companheiros como Head Coach, com o objetivo de fazer a organização ganhar mais títulos.

Foto: Legends Rising/Riot Games

Clearlove e Eu

Como eu disse anteriormente, hoje só sou caçador por conta de Clearlove, só continuei assistindo o competitivo por querer ver ele sendo campeão, só escrevo sobre a LPL porque lá atrás ele me influenciou a assistir à região e acompanhar sua história e de seus adversários, então é justo dizer que eu não existiria no meio sem a existência dele.   

No final, acho que esse texto é mais um agradecimento por tudo que ele fez, pelos momentos de felicidades que senti vendo o jogar, pelos momentos de tristeza vendo o perder e por ter mudado minha vida completamente. Não existiria o Calise sem o Clearlove e por isso que esse momento é tão especial para mim.  

Uma era acabou e uma nova se iniciará, não só para ele, mas para mim também. O ano de 2019 foi incrível, muitas coisas boas aconteceram e ainda vão acontecer para 2020, um bom natal e um feliz ano novo para todo mundo que me acompanhou esse ano!  

Calise

por Calise

Publicado em 18 de dezembro de 2019 • Editado há mais de 4 anos

Matérias Relacionadas
League of Legends
CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA
League of Legends

CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA

Em entrevista exlcusiva ao Mais Esports, o General Manager da FURIA, Maestro, contou mais sobre os testes do brTT na organização. Acessa!

Há 17 horas
League of Legends
CBLOL 2024: FURIA Maestro conta os desafios de ser General Manager
League of Legends

CBLOL 2024: FURIA Maestro conta os desafios de ser General Manager

Maestro contou com exclusividade ao Mais Esports sobre os desafios e o processo de se tornar General Manager dentro da FURIA. Acessa!

Há 17 horas
League of Legends
LoL: Pantheon AP? Riot testa mudanças interessantes no campeão
League of Legends

LoL: Pantheon AP? Riot testa mudanças interessantes no campeão

O Pantheon passou por mudanças significativas que prometem aumentar sua versatilidade no League of Legends. Veja mais detalhes.

Há 1 dia
League of Legends
Resposta LoLdle hoje – 27 de maio: veja todas as soluções do dia
League of Legends

Resposta LoLdle hoje – 27 de maio: veja todas as soluções do dia

Confira a resposta LoLdle hoje, dia 27 de maio. O mini-game de LoL traz diversos desafios de adivinhação do League of Legends.

Há 2 dias
League of Legends
Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split
League of Legends

Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split

E o segundo título seguido da paiN Gaming na Ignis Cup, e os dois foram em cima do mesmo time! Veja mais.

Há 3 dias
League of Legends
CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ
League of Legends

CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ

A INTZ seguiria sob uma nova direção a parir do segundo split do CBLOL 2024: Lucas Simon, co fundador da organização, deixou o cargo de CEO.

Há 3 dias

















































Campeonatos Atuais