×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

LoL: Conheça o brasileiro que está top 1 no servidor japonês

League of Legends

Chegar no Desafiante e ficar entre os melhores do servidor não é uma tarefa fácil, mas tem brasileiro conseguindo fazer isso no Japão! Gabriel “Yura” Daiki se mudou para lá e conseguiu alcançar o topo das filas ranqueadas de LoL da região em um ano!

Em entrevista ao Mais Esports, ele contou sobre a sua mudança para o Japão, diferenças da soloQ brasileira e japonesa, entre outras coisas.

Começo no LoL e mudança para o Japão

Ele começou jogar LoL com 13 anos, ainda na Season 5, mas ressaltou que no Brasil nunca foi “tryhard” para conseguir elo. “Eu peguei no máximo Diamante 3 lá (Brasil), eu só jogava LoL por causa dos meus amigos e não jogava muitas ranqueadas, por isso nunca pensei em ser high elo”, explicou.

Gabriel Daiki tem 17 anos e se mudou para o Japão faz um ano. Ele contou ao Mais Esports que foi para lá porque seus pais já moravam no país, e estava inviável financeiramente para ele continuar no Brasil morando com sua avó.

Ao chegar lá ele não tinha amigos para jogar LoL, então resolveu começar a jogar sério para chegar ao rank mais alto que conseguisse. No dia 21 de setembro ele alcançou o top 1 do servidor japonês, com um total de 463 partidas, 262 vitórias (57%) e 972 pontos.

Image
Foto: Reprodução/Gabriel

Diferença do nível de jogo brasileiro para o japonês

Gabriel ressaltou que o servidor japonês é mais difícil que o Brasileiro por causa dos estrangeiros que jogam lá. “Sempre jogo com alguns chineses, coreanos e vietnamitas que são high elo no servidor deles, e eles são muito bons! Os japoneses têm um nível parecido com o dos brasileiros”, comentou.

Como o servidor não possui muitos jogadores, ele acaba caindo com nomes repetidos com certa frequência, e isso faz com que ele precise se adaptar bastante, já que “sempre são os mesmos jogadores”.

Ele jogava na top lane aqui no Brasil, mas quando chegou ao Japão não conseguiu se adaptar ao meta da rota, por isso resolveu virar ADC. Para ele, a lane é a mais difícil de subir, mas ele gosta muito de jogar com os campeões e ser o carry do time, por isso persistiu na posição.

Campeões mais jogados por ele. (Foto: Reprodução/OPGG)

Estilo de jogo no Japão

Gabriel comentou que o estilo de jogo no Japão é mais acelerado que no Brasil, mas não chega a ser frenético como a soloQ da China, por exemplo. Para ele, as lanes com mais jogadores bons são mid e jungle, e que lá eles gostam muito de jogar com carrys.

“Nidalee e Graves aqui são muito populares e a galera é muito agressiva, por isso rola invade o jogo inteiro! Já no mid creio que Yone e Zoe sejam os mais populares, toda Zoe aqui é quase impossível de jogar contra”, comentou.

junglers no servidor japonês
Taxa de escolha e vitória dos junglers no servidor japonês. (Foto: OPGG)

Ele disse que o macro do servidor é melhor que do Brasil, pois todos os jogadores sabem as rotações que precisam fazer, quando fazer e nem precisam comunicar no chat sobre isso. “Os suportes geralmente quando dão a primeira volta a base, já buscam um gank no top. Eu não via isso no Brasil com frequência, por exemplo”.

Metas para o futuro e sonho de ser jogador profissional

Gabriel tem o objetivo de continuar acumulando pontos no servidor, e com isso manter a sua liderança. Ele também deseja seguir a carreira competitiva, e depois que alcançou o top 1, ficou mais ansioso ainda para jogar em algum time.

O jogador tem esperanças de conseguir alguma oportunidade no Brasil mesmo, com a chegada do sistema de franquias. É esperado que as equipes tenham equipes academy, e com isso novos talentos podem ser fomentados no cenário.

“Acho que o Brasil tinha que ter um sistema de scouting melhor. Tivemos o caso dos dois brasileiros aceitos na academy da Gen.G e agora e pegando top 1 fora do Brasil, então tem muita gente boa que tenta virar jogador profissional e não consegue. Uma pena que não tem muito investimento nessa parte, mas estou esperançoso para o ano que vem com o sistema de franquias”, comentou.

Talvez Gabriel volte para o Brasil no fim do ano para visitar sua família, mas se ele conseguir uma oportunidade de jogar profissionalmente aqui, ficará no país.

Ao ser questionado sobre tentar a carreira competitiva no Japão, ele ressaltou que é difícil um estrangeiro jogar lá. “Pelo que vi só tem japoneses nos times. Tinha um brasileiro que pegava top 5 aqui, mas o máximo que ele conseguiu foi jogar em um time tier 2 com outro brasileiro, então o competitivo aqui no Japão soa meio irreal para mim”.

Stream tentando chegar ao Diamante no Brasil

Enquanto ele não consegue uma oportunidade no competitivo, ele segue fazendo streams. Como o horário que ele abre a live é difícil achar jogos no Desafiante do Japão, ele está com uma meta de conseguir chegar ao Diamante em sua conta no Brasil, jogando com 300 de ping!

“Estou tentando pegar esse elo para provar que mecânica não serve de nada se você entende o macro do jogo. Ainda não consegui chegar no Diamante, mas já cheguei em duas MD5 para ele”.

Você pode acompanhar o Twitter do Gabriel para saber quando ele estará online, bem como se inscrever no seu canal da Twitch.

Veja também: Com mais de 1 mil vitórias, Jean Mago chega ao Top1 da SoloQ BR – 22/09

Bruno Rodrigues

por Bruno Rodrigues

Publicado em 23 de setembro de 2020 • Editado há mais de 3 anos

Matérias Relacionadas
League of Legends
Quando é a final do CBLOL 2024 2° split? Riot revela data
League of Legends

Quando é a final do CBLOL 2024 2° split? Riot revela data

Veja a data da grande final do CBLOL 2024 2° split, o campeonato brasileiro de League of Legends.

Há 14 horas
League of Legends
CBLOL 2024 2° split: Veja as escalações de todos os times
League of Legends

CBLOL 2024 2° split: Veja as escalações de todos os times

Veja as line-ups dos times que jogarão o CBLOL 2024 2° split. Confira as escalações completas com jogadores do Academy e time principal.

Há 15 horas
League of Legends
CBLOL 2024: brTT é confirmado na LOS para o segundo split
League of Legends

CBLOL 2024: brTT é confirmado na LOS para o segundo split

Agora é 100% oficial: brTT está de volta ao CBLOL e vai jogar o segundo split de 2024 pela LOS. O jogador voltará atuar após quase três anos parado.

Há 15 horas
League of Legends
CBLOL 2024: Red Canids opta por frosty e se despede de Jojo
League of Legends

CBLOL 2024: Red Canids opta por frosty e se despede de Jojo

A RED Canids optou por desligar o suporte Jojo para o segundo split, preferindo seguir com o frosty. Confira mais detalhes na matéria.

Há 17 horas
League of Legends
MSI 2024: “Eu sempre acredito que sou o melhor jogador”, diz BLG Bin
League of Legends

MSI 2024: “Eu sempre acredito que sou o melhor jogador”, diz BLG Bin

O Mais Esports fez uma entrevista individual com Bin, top-laner da BLG, que vai enfrentar a T1 do Faker neste sábado (18). Acessa!

Há 18 horas
League of Legends
Modo Arena: Tierlist dos melhores campeões e duplas do patch 14.10
League of Legends

Modo Arena: Tierlist dos melhores campeões e duplas do patch 14.10

Confira quais são os melhores campeões do LoL para jogar o Modo Arena no patch 14.10.. Veja também indicações de duplas para jogar com amigos.

Há 18 horas

















































Campeonatos Atuais