×





×





×





×





×


Logo MaisEsports
Notícias
Campeonatos
Outros
Mais Esports

LoL: Equipes do CBLoL contam como estão suas rotinas durante pandemia

League of Legends

Mesmo aqueles que não são fãs assíduos do competitivo de League of Legends no Brasil devem estar sabendo dos impactos que a pandemia de Coronavírus teve no ecossistema dos Esports no país. Paralisado há cerca de duas semanas, o CBLoL segue sem um posicionamento oficial sobre como continuará sua segunda metade de Fase Regular, playoffs e Final.

Considerando a orientação de cientistas e órgãos internacionais de saúde, o Mais Esports entrou em contato com todas as equipes que disputam a elite do LoL brasileiro para saber como a paralisação do principal torneio da modalidade, aliada à quarentena e medidas de precaução, afetaram suas rotinas, treinos e ambiente de modo geral.

Flamengo e-Sports

O rubro-negro e atual vice-líder do CBLoL conversou com a reportagem e contou que os treinos estão acontecendo normalmente, com somente o diferencial de todos estarem em suas respectivas residências. “O ritmo se manteve o mesmo, sendo a comunicação realizada por Team Speak.”

O Flamengo ainda afirma que, além dos treinos das equipes A e B, os jogadores disputam partidas de SoloQ à noite “para manter o treino de mecânica.”

Elenco do Flamengo na partida contra a Vivo Keyd (Foto: Bruno Alvares/Riot Games)

Furia Esports

A Furia declarou, através do manager da equipe, Erickão, que a rotina foi afetada por conta da quarentena. “Não estamos saindo de casa para nada que não seja extremamente essencial. De forma geral, continuamos treinando online e tentando seguir nossa rotina o mais próxima do normal possível.”

FURIA Uppercut
Foto: LoL Esports BR

INTZ

Em contato com a reportagem, a INTZ deu detalhes de como foram estas duas semanas desde o anúncio da paralisação do CBLoL. Segundo a organização, as atividades no Centro de Treinamento foram suspensas no mesmo dia que a Riot anunciou o hiato nos torneios, em 16 de março.

As atividades dos intrépidos continuaram no dia seguinte, 17, mas de forma totalmente online e remota, “já que desde o início de 2020 atuamos no formato de office, todos os jogadores possuem residência em São Paulo.”

Dos dias 20 a 27 deste mês, as atividades foram pausadas e retomadas três dias depois, na última segunda-feira (30), ainda totalmente online. Os treinos, segundo a INTZ, estão sendo feitos da mesma forma que ocorriam no CT, com dois blocos e o mesmo ritmo de atividades.

Foto: Riot Games

KaBuM

O Head Administrativo da KaBuM, Igor Corrêa, contou ao Mais Esports que a organização de Limeira “está seguindo todas as recomendações dos órgãos competentes e estabelecendo as nossas próprias medidas, a fim de garantir a prevenção.”

Ele também afirmou que os treinos continuaram da mesma maneira, porém, que foram realizadas mudanças no cronograma e na estrutura “para nos adaptarmos, priorizando ações individuais e o acompanhamento via videoconferência, mantendo uma rotina com atividades saudáveis e o psicológico estável.”

Foto: Riot Games

paiN Gaming

A paiN Gaming, assim como a INTZ, também interrompeu suas atividades no Office e continuou de forma online. Ao menos até o dia 20, quando pausaram sua rotina até retomarem na última segunda-feira (30). “Eles continuam se preparando e se mantendo ativos para quando as atividades do CBLoL voltarem.”

O atirador da equipe, brTT, inclusive publicou um story no seu Instagram comemorando a volta aos treinos nesta semana.

CBLoL 2020 brTT

Prodigy Esports

A PRG tomou o mesmo rumo, continuando suas atividades de forma remota. Em contato com o Mais Esports, a organização afirma que é natural o ritmo cair um pouco, “afinal estão todos no conforto do seu quarto.” Apesar disso, “nossos coachs sempre buscam que o time continue pró-ativo e que o rendimento seja o melhor possível.”

O caçador da equipe, Yampi, falou um pouco da mudança de ambiente por conta do surto de coronavírus:

“Estou sentindo uma grande diferença, como trabalhamos com gaming office e estando de quarentena, não temos a separação de ‘lazer’ e ‘trabalho’ como estava antigamente. Isso influencia em alguns detalhes na mentalidade, e está sendo um pouco mais complicado de lidar.”

Contudo, ele declara que entende a necessidade das medidas. “É pela segurança e saúde da nossa equipe, estão todos fazendo algum tipo de esforço para o bem de todos, então tudo bem sentir isso. Todas as pessoas devem estar sentindo”, conclui.

Foto: Riot Games

Vivo Keyd

Por fim, os Guerreiros da Vivo Keyd suspenderam suas atividades por duas semanas. Mesmo sem os treinos, a organização conta que orientou seus jogadores a continuarem jogando partidas nas Filas Ranqueadas, já que “não estão em dayoff”, como declarou Wender Roberto, head de comunicação e marketing da Keyd.

Foto: Riot Games

O Mais Esports tentou contato com a Redemption POA mas não obteve resposta.

O CBLoL segue, por enquanto, sem uma data de retorno. Há cerca de 15 dias, a Riot Games Brasil havia anunciado a paralisação do torneio por este período e que “dará informações sobre a volta da operação tão logo tenhamos uma nova posição”.

Em fevereiro o CBLoL já havia sido suspenso por duas semanas por conta das fortes chuvas que aconteceram em São Paulo e alagaram o estúdio onde os jogos aconteciam. Com esse hiato, a Riot Games anunciou mudanças nos calendários, incluindo um dia a mais de jogos na semana 10. O Circuito Desafiante também sofreu mudanças.

Em âmbito internacional, o Mid-Season Invitational foi adiado e a competição será disputada em julho, após o início do segundo split da maioria das ligas ao redor do mundo.

O coronavírus está causando uma pandemia no mundo. Somente no Brasil, são cerca de 5.717 casos com 201 mortes. Em todo o globo, o número de casos já passou da casa dos 800 mil.

Veja também: Times opinam sobre a possibilidade de disputar o CBLoL online

Vitor Ventura

por Vitor Ventura

Publicado em 31 de março de 2020 • Editado há 4 anos

Matérias Relacionadas
League of Legends
CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA
League of Legends

CBLOL 2024: Maestro fala sobre os testes do brTT na FURIA

Em entrevista exlcusiva ao Mais Esports, o General Manager da FURIA, Maestro, contou mais sobre os testes do brTT na organização. Acessa!

Há 14 horas
League of Legends
CBLOL 2024: FURIA Maestro conta os desafios de ser General Manager
League of Legends

CBLOL 2024: FURIA Maestro conta os desafios de ser General Manager

Maestro contou com exclusividade ao Mais Esports sobre os desafios e o processo de se tornar General Manager dentro da FURIA. Acessa!

Há 14 horas
League of Legends
LoL: Pantheon AP? Riot testa mudanças interessantes no campeão
League of Legends

LoL: Pantheon AP? Riot testa mudanças interessantes no campeão

O Pantheon passou por mudanças significativas que prometem aumentar sua versatilidade no League of Legends. Veja mais detalhes.

Há 22 horas
League of Legends
Resposta LoLdle hoje – 27 de maio: veja todas as soluções do dia
League of Legends

Resposta LoLdle hoje – 27 de maio: veja todas as soluções do dia

Confira a resposta LoLdle hoje, dia 27 de maio. O mini-game de LoL traz diversos desafios de adivinhação do League of Legends.

Há 2 dias
League of Legends
Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split
League of Legends

Ignis Cup 2024: paiN Gaming é a grande campeã do 1° split

E o segundo título seguido da paiN Gaming na Ignis Cup, e os dois foram em cima do mesmo time! Veja mais.

Há 2 dias
League of Legends
CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ
League of Legends

CBLOL 2024: Cofundador deixa o cargo de CEO da INTZ

A INTZ seguiria sob uma nova direção a parir do segundo split do CBLOL 2024: Lucas Simon, co fundador da organização, deixou o cargo de CEO.

Há 3 dias

















































Campeonatos Atuais